América do Sul, Balneário Camboriu, Blumnau, Brasil, Cananeia, Curitiba, Florianopolis, Itajaí, Morretes, Navegantes, Paraná, Penha, Porto Alegre, Porto Belo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Santo Antônio da Patrulha, São Francisco do Sul, São José dos Pinhais, São Paulo, São Paulo

Guia Essencial para uma viagem de carro entre São Paulo e Rio Grande do Sul

Está planejando viajar de carro entre São Paulo e Porto Alegre ou mesmo um trajeto mais curto entre essas cidades como uma ida até Curitiba ou alguma cidade de Santa Catarina? Se a sua resposta for sim não deixe de ler esse post. Ele é um guia essencial para planejar e curtir essa viagem! Nele você encontrará informações valiosas sobre as cidades para parar ou pernoitar pelo caminho (com destaque para alguns hotéis) assim como dicas de restaurantes e passeios. Para deixar esse guia mais completo no final listamos os locais para parar ao longo das rodovias; aqueles indicados para esticar as pernas, fazer uma refeição, cansar as crianças e, claro, abastecer o carro para seguir viagem.

Na última vez que fiz essa viagem, enquanto viajava, seriam três dias/noites até chegar ao destino final, me dei conta que nunca tinha escrito sobre os locais em que já paramos e pernoitamos. Já fizemos essa viagem inúmeras vezes, em ambos sentidos, em casal e em família, no inverno e verão e agora, todas essas experiências unificadas nesse guia; onde compartilho os aprendizados e espero ajudá-los a aproveitar ao máximo a sua viagem.

Antes de pegar a estrada leia isso!

  • Considere que existem trechos de serra na saída de São Paulo e próximo a Curitiba. Nesses locais muitas vezes ocorrem acidentes que causam transtornos. Viaje sem pressa e tenha sempre algo para comer e beber no carro;
  • Os trechos próximos a Balneário Camboriú e Florianópolis também são críticos. Opte por viajar fora do horário de pico. Se for viajar em datas críticas (feriados e férias) planeje-se para passar cedo por esses trechos;
  • Utilize frequentemente o Waze apps como ele como recurso para verificar o trânsito nas estradas. Melhor ficar esperando em um hotel do que por horas em uma rodovia;
  • Não esqueça de manter o celular carregado e lembre-se que nos trechos de serra não há cobertura 4G;
  • Tenha reserva em hotéis com política de cancelamento flexível, isso ajuda na mudança de planos quando necessário;
  • No estado de Santa Catarina o combustível é mais em conta. Aproveite para encher o tanque;
  • Planeje os horários de saída de acordo com os locais que pretende visitar, assim fica mais fácil executar o roteiro planejado;
  • Planeje as paradas, assim você curte mais a viagem.

Nós normalmente ajustamos o horário de saída para algumas horas antes do almoço e planejamos a duração do almoço para algo em torno de 2 horas. Nosso objetivo é que nosso filho durma por um belo trecho após isso. Assim que ele acorda (quando dorme… risos), damos um tempo e paramos para um café. Na sequência, dirigimos mais um pouco e paramos para pernoite. Não somos do tipo madrugadores e também não costumamos dirigir por muito tempo. Nossas viagens longas de carro têm em média 9 horas contando as paradas. É com esse plano em mente que planejamos as paradas e locais de pernoite e, é devido a tantas paradas que fomos conhecendo muitas cidades e lugares nas rodovias.

Cidades e hotéis para parar/pernoitar:

Quando fazemos essa viagem sempre elegemos destinos para parar no caminho, são as viagens no meio da viagem; isso explica os três dias, às vezes mais, na ida e volta. Fazemos isso propositalmente, para curtir mesmo. A viagem começa quando saímos de casa!

E assim fomos conhecendo e revistando cidades do sudeste e sul do Brasil ao longo das rodovias e são elas que justamente indico para paradas e/ou pernoite.

Cananéia – certa vez desviamos da rota e fomos conhecer essa cidade fofa tão comentada pelas suas casas históricas e natureza intocada.

Estrada para Cananeia,
Estrada para Cananeia, muita vegetação em meio da mata densa e umida.

Foi uma grata surpresa encontrar um italiano na pracinha e bater um papo depois de anos sem falar a língua. Nessa viagem estávamos em casal então fizemos São Paulo até São José dos Pinhais com parada em Cananéia no final de tarde para passeio e jantar.

Casarios Cananeia
Casarios Cananeia

Morretes – outro destino onde passamos algumas horas, nessa vez subíamos em direção à Sampa. Passamos o final de tarde e aproveitamos para provar a culinária local. A cidade é famosa pelo Barreado. Depois do jantar fomos até São José dos Pinhas, onde dormimos.

São José dos Pinhais – cidade onde está localizado o aeroporto que atende Curitiba e região. Devido a isso possuí inúmeros hotéis. Pernoitamos nela quando o pernoite é rápido. Se chegarmos cedo na região ou se decidirmos ficar por mais de um dia nossa preferência é Curitiba.

Em São José dos Pinhais sempre indico o Hotel Dom Ricardo, da rede Bourbon, e sempre tenho bons feedbacks.

Curitiba – Curitiba virou nossa queridinha depois que as viagens em família começaram. A cidade oferece muitos atrativos e tem ampla infraestrutura hoteleira que na época de férias costuma estar mais vazia.

Já nos hospedamos em diversos hotéis e curtimos muito restaurantes, dá uma olhadinha nesse destaque!

O Hotel Nomaa é meu sonho de consumo, até hoje só curtimos o restaurante que é uma delícia. Adorei o NH Curitiba The Five mas ele é ideal para viajar com crianças de até 2 anos pois não possuem cama extra. O Mercure Curitiba Batel é elegante, tem um restaurante mais bonito que bom e um quarto (com sofá cama) super amplo porém os ambientes não são separados. Já o Mercure Curitiba Golden é mais antigo mas tem dois ambientes e uma pequena cozinha o que garante privacidade e praticidade.

Ficamos muito bem também no Ibis Styles Batel e no Ibis Curitiba Batel, em ambos em um quarto triplo pequeno mas aconchegante. O Ibis Curitiba Centro é um hotel enorme e o estacionamento não dá conta do movimento, esperamos tanto tempo pelo carro que decidimos não nos hospedar mais ali. Para quem busca economia o Ibis Budget tem preço camarada para uma estadia rápida. Já ficamos e gostamos mas não recomendo com crianças.

Detalhe, todos esses hotéis são muito próximos um dos outros e também dos restaurantes, cafés e serviços que aparecem no destaque dos stories.

Joinville – a Liverpool Brasileira! Já dormimos e passeamos nessa cidade planejada, organizada e com boas ofertas de cafés, hotéis e restaurantes, Se você nunca esteve em Joinville não deixe de conhecer o restaurante Biergarten.

Recomendo o Blue Tree; excelente hotelaria e quarto enooorme porém com mobília já datada. Acredito que este último item explique os preços mais em conta.

São Francisco do Sul – um pouco distante da BR e de fácil acesso a partir de Joinville essa cidade com casarios históricos é uma joia arquitetônica de Santa Catarina e além de praias tem o Museu Nacional do Mar que tem um acervo interessante e muito organizado.

Sao Francisco do Sul - Centro Historico
Sao Francisco do Sul – Centro Historico
Sao Francisco do Sul - Museu do Mar - Barco Amyr Klink
Sao Francisco do Sul – Museu do Mar – Barco Amyr Klink

Itajaí/Balneário – essa dobradinha é uma vantagem, Balneário tem muita coisa para fazer e ambas as cidades tem bons restaurantes. Melhor combinação impossível. No entanto, Balneário Camboriú que tem uma oferta hoteleira que apensar de grande por vezes fica cheia.

Nesse caso sempre indico o Mercure Itajaí Navegantes, onde já nos hospedamos em mais de uma ocasião. A partir dele é fãcil acessar a Praia da Barra e o lado sul de Balneário, além disso é uma ótima base para acesso ao Beto Carrero World. Reserva com antecedência (tem excelente política de cancelmento), pois costuma lotar.

Quer ver mais sobre esses destinos clica aqui!

Florianópolis – é outra cidade que já paramos, mas quando fizemos isso ficamos ali uns dias antes do réveillon para curtir Jurerê internacional e seguir viagem. Eu só pararia aqui, na alta temporada, se fosse por mais de dois dias ou por um motivo especial devido aos problemas de trânsito na cidade. É claro que a cidade dispensa comentários, são muitas praias, gastronomia e coisas para conhecer e fazer (quando o trânsito permite).

São José – em São Jósé, na BR um pouco antes de Floripa, tem o Ibis São José que já nos salvou algumas vezes. Nos arredores tem o Shopping Itaguaçu, que garante os serviços e à noite dá até para arriscar ir ao centro de Floripa ou à região gastronômica de Coqueiros, na parte continental da ilha de Florianópolis.

Garopaba – temos amigos e família então com frequência é nosso ponto de parada e/ou pernoite. O problema é que Garopaba não fica na boca da BR – leva um tempinho para chegar e sair – e não tem uma boa infraestrutura hoteleira. Eu entraria só se fosse parar dormir, e nesse caso daria preferência à hospedagem na praia do Rosa. É mais longe mas o visual compensa a esticada. Saindo de Floripa e sem trânsito é um bom ponto/timming de parada. Na minha última vez na Praia do Rosa, que na realidade fica na cidade ao lado (Imbituba) me hospedei na Pousada Natribus e adorei. Recomendo! Ainda quero escrever um post sobre ela.

Criciúma – uma de nossas últimas descobertas! Fácil acesso a partir da BR, ótima culinária italiana na Forneria Casaluce e muito conforto e ótimo café da manhã, SPA e área kids no novíssimo Novotel. Essa dica foi da minha irmã que viaja muito a trabalho pra lá e já parou nos principais hotéis de Criciúma. Eu adorei a dica e repasso!

Criciuma - Novohotel - Café, área kids e SPA
Criciuma – Novohotel – Café, área kids e SPA

Blumenau – certa vez precisamos fazer um desvio devido a um acidente e acabamos pernoitando em Blumenau, a única cidade da lista que estbeeem á distante da BR-101. Acabamos curtindo um pouco do “Natal  em Blumenau”, um evento que ocorre todo final de ano nessa cidade encantadora. Se você estiver de na estrada durante as festas natalinas e estiver procurando um mercadinho de Natal Blumenau eu recomendo muito a visita. Todos os detalhes sobre a cidade aqui nesse post!

Torres – na minha opinião o melhor ponto de pernoite no litoral gaúcho (com exceção da casa da minha tia em Capão da Canoa 😊) tem uma certa infraestrutura hoteleira e uma beleza natural que não se vê nas demais praias próximas. (ah: somente gaúchos podem falar mal das praias do sul, ok?… risos).

Hospede-se na Pousada dos Molhes, simples mas perto dos molhes do Rio Mampituba, da praia e de bons restaurantes. Coma no Cantinho do Pescador e/ou na Taberna Bistrô e visite o Parque da Guarita.

Santo Antônio da Patrulha – certa vez a intenção era pernoitar em Porto Alegre mas paramos poucos quilômetros antes, em Santo Antônio da Patrulha. Como estávamos indo para o interior praticamente decidimos chegar um dia antes…risos. Na cidade de Santo Antônio da Patrulha você tem aquela sensação de “cheguei no interior do RS”, tem a cultura do gaúcho, as paisagens e a simplicidade do RS.

A cidade tem dois hotéis bem legais e distintos. O Estribo e o Ecovilly. Para mais detalhes clica aqui.

Santo Antonio da Patrulha - Hotel Ecovilly e parque em frente
Santo Antonio da Patrulha – Hotel Ecovilly e parque em frente

Porto Alegre – capital e de fácil acesso, sempre um bom ponto de parada. Não faltam hotéis, passeios e opções gastronômicas.

Lembro de ter achado o Laghetto Manhatan decadente no entanto ele agora está sob a bandeira da Accor e vale um voto de confiança. O Ibis Styles Moinho de Vento não possui cama extra enquanto o Ibis Styles Moinhos de Vento sim.

Todos hotéis são próximos e na região não faltam opções de lazer. Indico o Um bar e Cozinha (gastronomia local, ótimo ambiente e carta de vinhos), o Rooister (estilo pub) e um passeio pelo parque Moinhos de Ventos.

Locais para parar nas estradas entre São Paulo e Porto Alegre (BR-116,BR-101 e BR-290)

E agora que já falamos sobre as cidades para parar, passear ou pernoitar vamos à lista de lugares para parar nas rodovias. Se após o local houver um S significa que ele está localizado no sentido norte-sul, caso haja um N é porque está no sentido sul-norte. No entanto vale lembrar que muitos lugares são acessíveis de ambos os lados das rodovias e portanto recomendo que você verifique o acesso mais conveniente usando um mapa ou app.

Locais para parar entre São Paulo e Curitiba:

  • Graal Japonês (S) – é pequeno mas serve para o gasto caso você precise parar logo após ter saído de São Paulo.
  • O Fazendeiro (S) – a comida não é o forte e não é barata mas a diversão para as crianças é garantida com um grande aquário e a uma fazendinha.
O Fazendeiro - aquário e mini-fazendinha
O Fazendeiro – aquário e mini-fazendinha
  • Graal Ouro Verde (S) – aqui a áreas kids e a área pets merecem destaque. Comida simples, padrão Graal.
  • Graal Buenos Aires (N) – O maior dentre os listados, também possuí área kids.
  • Graal Petropen (N) – um pouco menor, entre ele a o Buenos Aires prefiro o Buenos.
  • Posto Pelanda Alpino IV (S) – uma alternativa nessa parte da estrada. O comida é simples, prove a chuleta com polenta brustolada (típico, bem servido e feito na hora).
  • McDonalds – não é na BR mas é próximo de São José dos Campos. Não sou fã mas já salvou meu almoço/lanche da tarde.

Anexado ao Pelanda encontra-se o HotelLog. Eu sempre conto com ele devido ao alto índice de acidente que causam  congestionamentos e por vezes atrasam demais a chegada até determinado destino.

Locais para parar entre Curitiba e Florianópolis:

  • Hotel 10 e Hotel Estação 101 (N) – aqui a dica é também de um hotel. Mais uma opção de pernoite ao longo da estrada, útil pra aqueles que não conseguiram planejar ou cumprir o planejamento devido a um imprevisto.
  • Sinuelo Sul/Madero (N) – o Sinuelo é amplo, tem muita comida e opções de embutidos mas precisa melhorar o aspecto já um pouco datado. Ao lado dele um Madero Container pode ser uma boa opção.
Posto Sinuelo Norte (a esquerda) Posto Sinueno Sul (ao centro e à direita)
Posto Sinuelo Norte (a esquerda) Posto Sinueno Sul (ao centro e à direita)
  • Sinuelo Sul (S) – esse é mais novo e está mais para uma praça de alimentação. Possuí área kids.
  • Parada Havan Barra Velha/Madero (S) – uma das maiores senão a maior Havan da região. Possui restaurantes e café e também um Madero container.
  • Parada Ferreti (https://paradaferretti.com.br/) (N) – mais uma boa opção.
  • Porto Belo Outlet Premiun (N) – É um outlet, ótimos para compras e também para almoço.
  • Fashion Outlet Santa Catarina (N) – Também mais uma opção para compras e passeio, porém com opções de alimentação mais restritas.

Locais para parar entre Florianópolis e Porto Alegre:

  • Shopping Itaguaçu (N) e Shopping Continente (S) – próximos de Florianópolis mas com fácil acesso pela rodovia. Ficam em uma área muito movimentada da BR onde não se encontram boas opções de parada então acabam sendo alternativas.
  • Engenho Lanches (S) – local sempre cheio e bonito.
  • Graal Baleia (N) – Graal porém pequeno.
  • Caffe au lait (S) – local simples e pequeno mas com bom atendimento, boa parada para um café e lanche caseiro.
  • Havan Araranguá/Madero Container (N) – esse Madero um oásis no meio de uma região que oferece poucos pontos de parada.
  • Doces Maquiné (N/S) – existem dois muito próximos, um de cada lado da BR. Ótimos para lanches coloniais e, como o próprio nome já diz, doces. Existe também um na estrada no Mar, uma estrada paralela ao trecho Torres Osório da BR-101. No entanto está RS não é duplicada e na temporada é bem movimentada. Se viajares sem pressa e quiser explorar o litoral gaúcho podes optar por dirigir por essa RS e não pela BR-101.
  • Graal Rota 80 (N) – padrão Graal pequeno, logo na saída de Porto Alegre e início da chamada Freeway (nome dado a BR-290 no trecho até Osório).

Para ajudar na orientação, visto que são muitos lugares, segue um mapinha com todas as cidades e locais citados.

Espero que o artigo seja útil para aqueles que estão planejando fazer alguma viagem entre esses destinos. Peço desculpa pelo excesso de informação mas, cada pessoa tem uma necessidade e eu optei por resumir quase todas as minhas experiências nesse artigo. Quando digo quase todas é porque já fui além Porto Alegre, até Montevideu 😊 e também já fiz essa viagem a partir do interior de SP, de Bauru.

Assim, se você ainda tiver alguma dúvida, precisar de informação adicional sobre outras estradas ou mesmo tiver sugestões ou correções escreve aqui nos comentários. Vamos adorar saber e ainda ajudará outros triplanners.

Gostou de artigo e lembrou de algum amigo? Não deixe de compartilhar. Vai ajudar ele e a nós também. Obrigado e boa road trip por essas estradas do nosso Braseeeel!

Deixe aqui seu comentário ou dúvida

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s