Viagens de Esqui: O que levar na mala quando for esquiar

O objetivo deste post é listar aquilo que entendo que não pode faltar na sua mala ao planejar uma viagem de esqui. Escreverei sobre as roupas e acessórios que são importantes, alguns indispensáveis, para garantir sua tranquilidade enquanto desfruta sua temporada na neve. Quando falo que não pode faltar na mala não interprete isso como “tenho que comprar tudo antes de esquiar” mas de repente planeje uma parada para umas comprinhas antes, tente emprestar de um amigo, tenha claro quais seriam alguns substitutos adequados e o que se deve/pode alugar nas estações de esqui.

Eu sei que sei a temporada de esqui 2016 no hemisfério sul já está na metade e esse post mais do que atrasado. No entanto, foram tantas dúvidas nessa temporada sobre o tema que já estava mais do que na hora escrever sobre ele. E de qualquer forma, muitas “semanas brancas” virão pela frente não é mesmo? Coisa boa!

Roupas para esqui - evolução

Roupas para esqui – evolução

Para facilitar vou dividir em itens de acordo com os membros do nosso corpo.

roupas e acessórios para esqui: Cabeça

Para proteger a cabeça a melhor coisa é o capacete. Demorei a incluí-lo na minha indumentária “esquiística” mas hoje o considero indispensável. Senti falta conforme meu esqui evoluiu e alguns tombos ficaram sérios.

Roupas para esqui - Capacete, gorros e lenços

Roupas para esqui – Capacete, gorros e lenços

Apesar da questão da segurança, o capacete também esquenta a cabeça e os ouvidos melhor do que gorros, lenços e protetores de orelha além de proteger mais da neve do que o gorro da jaqueta. A vantagem é que hoje em dia ele pode ser alugado com facilidade junto com seu equipamento de esqui. Então não tem desculpa 🙂

Continuar lendo

A Estação de Esqui de Nevados de Chillan e o Valle Las Trancas

Nesse segundo post sobre minha viagem de esqui desempacotado no Chile escrevei sobre a estação de esqui de Nevados de Chillan e sobre a cidade de Valle Las Trancas. Para que tudo não se resuma a esqui escreverei também sobre outras opções de entretenimento como o Valle Hermoso e alguns SPA’s de hotéis da região.

Fachada Hotel Pirimauida em Nevados de Chillan - Chile

Fachada Hotel Pirimauida em Nevados de Chillan – Chile

Para quem não leu o primeiro post (acesse aqui), nele escrevi sobre o planejamento da viagem. Sobre a escolha do local, a ida do Brasil ao Chile, os detalhes do aluguel do carro, sobre dirigir de Santiago até Valle Las Trancas e Nevados de Chillan, sobre o hotel (cabaña) que em nos hospedamos em Valle Las Trancas e, finalmente, sobre o aluguel dos equipamentos de esqui.

A Cidade de Valle Las Trancas

A cidade de Valle Las Trancas é bem pequena. Em poucos minutos – de carro – você a cruza de ponta à ponta. A rua principal da cidade é a própria rodovia que começa em Chillan e termina próximo ao posto policial onde se inicia a subida para o resort de Nevados e Chillan. De Chillan a Valle Las Trancas são aprox. 80 km’s enquanto de Las Trancas à estação de esqui são 7 km’s.

Continuar lendo

Esqui desempacotado no Chile (Nevados de Chillan e Valle Las Trancas)

Finalmente estreando o primeiro post do blog com dicas e roteiro sobre esqui na América do Sul. Post especial sobre esqui no Chile mais precisamente sobre a estação de esqui de Nevados de Chillan e sobre a cidadezinha localizada no vale próxima a estação chamada Valle Las Trancas. Destinos que, na minha opinião, oferecem um dos melhores esquis desempacotados do Chile.

Já esquiei outras vezes na América do Sul mas depois disso toda a experiência que tive foi na Itália. Era justamente pela experiência de esqui na Itália que estava louca para ir esquiar no Chile porém fazendo como na Europa: o mais desempacotado possível. Queria alugar uma casa/apartamento com infra-estrutura, ficar em uma cidade com neve e não em um resort cheio de serviços, enfim ter uma experiência mais local.

Na Itália era sempre muito fácil, comprava-se o aéreo e/ou trem, alugava-se uma das inúmeras opções de hospedagem disponíveis e se fazia a mala. Chegando ao local as cidades sempre tinham uma excelente infra-estrutura então não era necessário estar muito atento a detalhes como transporte público para as pistas, supermercados, etc. No Chile não foi tão simples assim e nos próximos parágrafos explico os porquês mas a melhor notícia é que dá para fazer algo do tipo 🙂

Para onde fomos?

A estação de esqui escolhida foi Nevados de Chillan. Optamos por ela porque meu namorado já conhecia e queria não só revisitá-la mas também que eu a conhecesse. Além disso tínhamos certeza que ali o esqui era desempacotado, isto é, poderíamos utilizar a cidade de Valle Las Trancas como base. Uma outro local na América do Sul que oferece um bom esqui desempacotado é Bariloche porém como já tinha ido em outras duas oportunidades estava buscando algo diferente.

 Como fomos para nevados de chillan/valle las trancas (voo e aluguel do carro)

Fomos de São Paulo à Santiago com a LATAM, e de Santiago à Chillan/Valle Las Trancas/Nevados de Chillan em carro alugado.

De São Paulo à Santiago fomos com milhas, pagamos 7 mil o trecho. Emitimos com antecedência, fomos na alta temporada e voltamos na baixa e escolhemos um voo que tinha o inconveniente de ter uma conexão no Paraguai. Acho que explica a quantidade reduzida de milhas 🙂

Uma opção mais conveniente seria voar de SP à Concepcion e alugar o carro a partir desta cidade. Porém não conseguimos encaixar essa opção no orçamento/milhas disponíveis nem nos horários. Em relação às 1,5 horas a mais de duração do voo estávamos tranquilos porém o que mais preocupava era o possível extravio da bagagem durante a conexão em Assunção.  Como gato escaldado tem medo de água fria fizemos malas pequenas e levamos como bagagem de mão. Analisando melhor a situação acho que esse procedimento foi desnecessário. O aeroporto de Assunção é muito pequeno. As malas mal saíram de um avião e foram colocadas no outro que estava ao lado. Se tivéssemos despachado nossas malas elas estariam no avião muito antes de gente…risos.

Chegada no Aeoroporto de Santiago - Arturo Benitez

Chegada no Aeoroporto de Santiago – Arturo Benitez

Chegamos em Santiago 30 minutos antes do horário previsto e fomos direto para providenciar o carro alugado através do Rentalcars.com.

Tentamos evitar o aluguel do carro. Avaliamos opções de trem e ônibus  até Chillan e de ônibus de Chillan a Valle Las Trancas. No entanto de Valle Las Trancas até a estação de esqui de Nevados de Chillan a única opção seriam os transfers. Também tentamos alugar um carro a partir de Chillan – para fugir de ter que dirigir até lá – porém os horários de fechamento das locadoras de carro inviabilizaram essa estratégia. Sem falar que os aluguéis por ali custavam bem mais.

Continuar lendo