Zermatt: Esqui aos pés do Matterhorn

Recentemente escrevi um post sobre Zermatt e nele falei de uma forma geral sobre a cidade, hospedagem, como chegar e o que fazer. Se por acaso você chegou ao blog através deste post mas não tem interesse em esquiar recomendo que acesse o post anterior (link aqui). Caso tenha interesse específico no esqui esse post é para você!  Irei escrever sobre as regiões e passes de esqui e também sobere aluguel de equipamentos em Zermatt.

Regiões de Esqui em Zermatt

Na imagem abaixo é possível ter uma ideia da dimensão da região de esqui ao redor de Zermatt. São três regiões em Zermatt – Sunnegga-Rothorn, Gornergrat e Matterhorn Glacier Paradise – e duas na Itália, Breul-Cervinia e Valtournenche. Somadas elas garantem 360 km de pistas e 54 lifts. A região do Matterhorn Glacier Paradise tem inclusive pistas com neve eterna e essa parte da estação fica aberta o ano todo.

Zermatt - visão geral das pistas

Zermatt – visão geral das pistas

Passes de Esqui em Zermatt

Os passes de esqui em Zermatt refletem exatamente as regiões acima descritas. Ou você compra o passe somente para as regiões de Zermatt ou compra o Internacional que incluí a Itália. Como achamos que comprar o ticket internacional todos os dias seria um exagero, não conseguiríamos esquiar toda a região todos os dias, planejamos começar por Gornergrat e Sunnegga-Rothorn e finalizar no Matterhon + Breul-Cervínia.

Continuar lendo

Anúncios

Viagens de Esqui: O que levar na mala quando for esquiar

O objetivo deste post é listar aquilo que entendo que não pode faltar na sua mala ao planejar uma viagem de esqui. Escreverei sobre as roupas e acessórios que são importantes, alguns indispensáveis, para garantir sua tranquilidade enquanto desfruta sua temporada na neve. Quando falo que não pode faltar na mala não interprete isso como “tenho que comprar tudo antes de esquiar” mas de repente planeje uma parada para umas comprinhas antes, tente emprestar de um amigo, tenha claro quais seriam alguns substitutos adequados e o que se deve/pode alugar nas estações de esqui.

Eu sei que sei a temporada de esqui 2016 no hemisfério sul já está na metade e esse post mais do que atrasado. No entanto, foram tantas dúvidas nessa temporada sobre o tema que já estava mais do que na hora escrever sobre ele. E de qualquer forma, muitas “semanas brancas” virão pela frente não é mesmo? Coisa boa!

Roupas para esqui - evolução

Roupas para esqui – evolução

Para facilitar vou dividir em itens de acordo com os membros do nosso corpo.

roupas e acessórios para esqui: Cabeça

Para proteger a cabeça a melhor coisa é o capacete. Demorei a incluí-lo na minha indumentária “esquiística” mas hoje o considero indispensável. Senti falta conforme meu esqui evoluiu e alguns tombos ficaram sérios.

Roupas para esqui - Capacete, gorros e lenços

Roupas para esqui – Capacete, gorros e lenços

Apesar da questão da segurança, o capacete também esquenta a cabeça e os ouvidos melhor do que gorros, lenços e protetores de orelha além de proteger mais da neve do que o gorro da jaqueta. A vantagem é que hoje em dia ele pode ser alugado com facilidade junto com seu equipamento de esqui. Então não tem desculpa 🙂

Continuar lendo

A Estação de Esqui de Pila – Ski in the Sky

Como comentei no post anterior, sobre Aosta, resolvi escrever sobre meu destino na páscoa do ano passado, o Valle d’Aosta. Eu e meu namorado aproveitamos o feriado prolongado para dar a última esquiada da temporada 2012 e o destino escolhido foi Pila, uma localidade/estação de esqui localizada a 18 minutos, em cabinovia, da capital da região do Valle d’Aosta, Aosta.

As pistas, a estação e Aosta ao Fundo

As pistas, a estação e Aosta ao Fundo

Enquanto no Brasil a Páscoa encerra a temporada de verão, na Europa acontece justamente o contrário, ela encerra a temporada de inverno. É praticamente a data limite de fechamento de quase todas as estações de esqui. E para nosso deleite, Pila, diferentemente de outras estações próximas, ainda estava com um número razoável de pistas abertas e com muitos lifts e refúgios em funcionamento.

Continuar lendo

Aosta – Onde a Itália tem cara de França

Com a páscoa chegando resolvi escrever sobre meu destino na páscoa do ano passado, o Valle d’Aosta. Meu destino final era a Estação de Esqui de Pila e no caminho passei pela cidade de Aosta, capital da região Valle d’Aosta. Como Aosta é um ponto de parada para quem vai à Pila acabei passando algumas horas na cidade.

A Região do Valle d’Aosta é a menor região da Itália e fica literalmente encravada entre os maiores Alpes Europeus.

Mapa Valle d'Aosta (wikipedia)

Mapa Valle d’Aosta (wikipedia)

Aosta não tem um aeroporto comercial, assim a forma mais fácil e econômica de chegar, é voando até Turim e de lá ir até Aosta de ônibus ou trem. Uma outra opção, melhor para quem parte do Brasil, é voar até Milão. Tanto de Turim quanto de Milão o acesso à Aosta pode ser feito por trens ou ônibus.

Continuar lendo