Curso de Inglês em Londres

Outro dia escrevi sobre curso de italiano aqui em Roma e como vejo que esse é um item bastante pesquisado achei importante deixar minha recomendação sobre um curso de inglês que tive a oportunidade de fazer em Londres e que também gostei bastante.

Na época, 2007, fiz um curso de inglês na escola Bloomsbury e achei muito bom. Um dos representantes deles no Brasil é a Upward, ao menos foi com eles que na época comprei o curso. Na verdade ganhei uma bolsa de algumas semanas e comprei outras semanas. Sem dúvida isso foi um diferencial na minha escolha mas, ainda bem que isso aconteceu porque realmente achei que o aprendizado foi ótimo.

Adorei a escola, não haviam muitos brasileiros, ao menos na época em que fiz o curso, junho e julho, a média de idade não era muito baixa, os professores bons, muitas atividades extra classe e uma infra-estrutura ótima, desde as salas de aula, biblioteca, laboratório e cafeteria. E, o melhor de tudo, realmente praticavam o “only speak english”, aí de você se falasse na sua própria língua…rs…, acho que isso pode parecer besteira mas no final faz muita diferença na hora de aprender um novo idioma. Eles eram também muito rígidos com horários, isto é, você tinha 15 minutos para entrar depois da aula ter começado e caso estivesse atrasado mais do que isso só entrava no segundo período. Eu sei, parece coisa dos tempos de escola, mas é muito útil caso você fique naquela lenga lenga do “só mais 5 minutinhos na cama”..rs…

Não é uma das top 5 de Londres consequentemente tem um mais em conta mas nao é uma pechincha. Com certeza indo a Londres e andando pela Oxford Street haverão uma série de escolas com preços melhores mas acredito que não com a mesma qualidade. Falando em Oxford Street a localização dessa escola também é muito boa. Fica próximo a Oxford Street mas em um bairro diferente e de muito fácil acesso com metro e ônibus.

Minha dica final pra quem quer passar um período estudando lá e já está a um tempo sem contato com o idioma é fazer um curso de “desenferrujamento” antes de ir. Acho que se tira mais proveito do curso. Foi uma coisa que na correria não tive tempo de fazer e que acho que teria feito toda a diferença.

Curso de Italiano em Roma

Antes de vir morar em Roma cheguei a pesquisar alguns cursos de italiano em Roma pela internet. Na época, solicitei alguns orçamentos e quase comprei um curso do Brasil mesmo. Como viria para a Itália com uma mega-mala para ficar só 2 meses, ao menos era isso que diziam os meus bilhetes aéreos de ida “e volta”, tinha medo de ser barrada na imigração e cheguei a pensar em comprar um curso de italiano em Roma para “garantir” minha entrada como estudante já que naquele momento não entrar na Itália não era uma opção. Depois acabei pensando bem e a deixando a questão do curso para ver com mais calma quando chegasse em Roma. Já não tinha mais tempo para providenciar um visto de estudante então entraria como turista mesmo.

Cheguei, fiz pesquisas na internet de novo, orçei valores e verifiquei calendários. No entanto, não cheguei a visitar nenhuma das escolas porque recebi uma dica ótima de uma conhecida brasileira, que mora em Roma há bastante tempo, de um curso de italiano considerado por ela e por muito amigos muito bom.

O instituto do curso chama-se Società Dante Alighieri, escola conhecida e reconhecida em todo o mundo inclusive com sedes no Brasil. O site da sede de Roma é esse aqui. Tenho que confessar que só fui descobrir esse local quando cheguei em Roma. Quero dizer, na época das minhas pesquisas, não achei muita informação na internet sobre esse curso e justamente por isso estou compartilhando a informação no blog.

Tive a oportunidade de fazer alguns dos cursos de formação que divididos em seis níveis vão do básico ao avançado e, gostei bastante. Além desses cursos a escola tem cursos de conversação, história da arte e preparação para  certificação PLIDA. Aliás, pra quem pensa em fazer a certificação é um dos melhores lugares pois como eles aplicam a certificação eles já acostumam você à didática da prova durante o próprio curso.

Todos os cursos de formação são ministrados em períodos diversos, como, intensivo (65 horas semana), semi-instensivo (40 horas a semana) e mensal (20 horas a semana). Normalmente o intensivo é na parte da manhã, o semi na parte da tarde e o mensal no final do dia.

Outra coisa importante é que tem um calendário praticamente fixo dos cursos, iniciando normalmente na primeira segunda ou terça-feira do mês, fechando as portas somente nos feriados e no mês de agosto. Eles informam que possuem o direito de cancelar algum curso caso não tenha um número expressivo de alunos mas confesso que não vi isso acontecer nos meses em que estive por ali.

A escola é muito bem localizada, fica no centro de Roma, próximo a Via del Corso e a Piazza Navona, e portanto de fácil acesso. O ambiente também é muito cosmopolita, você tem contato com pessoas de diversas nacionalidades, de diferentes idades e profissões. Quero dizer, não é uma escola focada em um certo tipo de aluno.

No entanto, o local é muito simples mesmo apesar da escola em Roma estar situada em um “Palazzo” da época renascentista as salas de aula possuem apenas o básico, para acessar a internet ou por exemplo tomar um café você precisa se dirigir aos inúmeros negócios existentes nas redondezas. Enfim, você não têm um serviço tão curado em relação aquilo que não seja ensinar italiano mas, você também não paga por isso o que faz com que os valores dos cursos praticados por eles sejam mais baixos.

Corredor da Escola

Sala de Aula

Leias mais: