Nove dias entre a Suíça Francesa, Berna e Zermatt – Últimos dias: Zermatt

É chegada a hora de escrever sobre o último destino desta viagem de nove dias pela Suíça; o destino mais esperado e que inspirou toda a viagem: Zermatt. Já conheci muitos locais de esqui e Zermatt está entre os melhores em que já estive. Além de estar aos pés do Matterhorn, Zermatt é um lindo vilarejo de montanha de tamanho médio e com ótimas opções de lazer.

Zermatt, aos pés do Matterhorn

Zermatt, aos pés do Matterhorn

São três grandes regiões esquiáveis suíças (Sunnegga + Rothorn, Gornergrat e Matterhorn Glacier Paradise), que se integram através do Matterhorn Ski Paradise com Breul-Cervinia e Valtournenche na Itália. Juntas elas oferecem 360 quilômetros de pistas e 54 meios de elevação dos mais diversos tipos. Acesse o mapa interativo aqui. No entanto, Zermatt oferece inúmeras atrações além do esqui e esse post vai ser dedicado a elas.

O que fazer em Zermatt?

Gornergrat Bahn

A Gornergrat Bahn é uma ferrovia que leva você até o topo do Gornergrat com algumas paradas no caminho. Ela fica localizada em frente à estação ferroviária de Zermatt.

Mapa da Gornergrat Bhan em Zermatt

Mapa da Gornergrat Bhan em Zermatt

Estação da Gornergrat Bhan em Zermatt

Estação da Gornergrat Bhan em Zermatt

Fazer um passeio no meio dessa natureza tão inóspita dentro do conforto de um trem como esse não tem preço. Quando você faz o trajeto em trem até Zermatt você já fica maravilhado, depois disso vem essa ferrovia e você fica mais de queixo caído ainda. Quanto você avista o trem não dá nada por ele, basta dizer que ele sobe até 3 mil metros :O

Ele faz paradas no caminho, mais precisamente em Riffelalp, Riffelberg e Rotenboden. O preço do ticket varia de acordo com o trecho que você vai fazer. O passe de esqui é válido nessa ferrovia, até porque ela é uma das formas de se chegar ao topo do Gornergrat (uma das três regiões esquiáveis de Zermatt) e caso você possua um passe de trem suíço obterá descontos.

Topo do Gornergrat em Zermatt

Topo do Gornergrat em Zermatt

Ao longo das paradas da ferrovia algumas lojinhas, mirantes, restaurantes de montanha e até mesmo um hotel (no ponto mais alto). Além é claro de atividades de verão e de inverno. Mas sem dúvida o ponto alto do passeio é a ferrovia em si e as vistas dos glaciares e do Matterhorn.

Glaciares na subida do Gornergrat em Zermatt

Glaciares na subida do Gornergrat em Zermatt

Matterhorn visto do Gornergrat em Zermatt

Matterhorn visto do Gornergrat em Zermatt

Sunnegga / Rothorn

A Sunnega é um funicular que leva do centro de Zermatt até o monte Sunnegga (2288 metros). Inicialmente você caminha por um túnel e depois pega o funicular, que também fica dentro de um túnel montanha acima (quanta infra!).

Tunel e funicular Sunnega em Zermatt

Tunel e funicular Sunnega em Zermatt

Na saída do funicular é possível pegar um teleférico e depois um cable car até Rothorn, o ponto mais alto desta região.

Restaurante Blue Lounge Blauherd no Sunnega em Zermatt

Restaurante Blue Lounge Blauherd no Sunnega em Zermatt

Matterhorn Glacier Paradise

O Matterhorn Glacier Paradise é acessível somente através de teleféricos e cable cars. O lado ruim disso é que você não consegue chegar até ele se o tempo não colaborar. Ah, isso também pode acontecer com Rothorn. E foi justamente o que aconteceu comigo no dia que planejei conhecer o lado do Matterhorn propriamente dito.

Para chegar até os 3883 metros, onde está localizada a plataforma de observação, o palácio de gelo, as lojas, o cinema longe e as pistas de esqui com neve eterna você terá que ir até o teleférico Furi e em Trockener Steg pegar o cable car Gandegghutte.

Teleferico Furi (acesso ao Matterhorn Glacier Paradise) e Centro de Informacoes Turisticas em Zermatt

Teleférico Furi (acesso ao Matterhorn Glacier Paradise) e Centro de informações turísticas em Zermatt

Centro de Informações Turísticas

Se você pretende conhecer todos os lugares e não irá esquiar recomendo que faça uma visita ao centro de informações turísticas. Nesse local você poderá se informar sobre a previsão do tempo e planejar as visitas de acordo com “São Pedro”, além de receber orientação sobre os passes disponíveis para não esquiadores.

Museu do Matterhorn

É um pequeno museu dedicado ao Matterhorn, talvez a montanha mais conhecida do mundo, imortalizada nas embalagens do chocolate Toblerone.

Museu do Matterhorn

Museu do Matterhorn

O museu conta a história dos primórdios da montanha até os dias de hoje e aborda as histórias de sucesso e fracasso na ascensão ao Cervino. Curiosidade: Cervino é o nome italiano do Matterhorn, afinal, uma das faces dele está virada para a Itália.

Cemitério dos Alpinistas

Zermatt era uma pacata aldeia de montanha até o alpinismo chegar chegando e, com o Matterhorn/Cervino exercendo o fascínio que exerce, muitos alpinistas já tentaram escalar cada uma das suas faces pelos mais variados caminhos. Uns conseguiram outros não, e alguns, infelizmente, perderam a vida tentando e acabaram sendo enterrados ali.

Cemiterio dos Alpinistas em Zermatt

Cemiterio dos Alpinistas em Zermatt

Em pleno centro, nos arredores da Igreja de São Maurício, as lápides contam as histórias de pessoas extremamente corajosas que ao longo do tempo desafiaram seus limites pelo amor a montanha.

hintedorfstrasse – casas históricas de  Zermatt

A Hinterdorfstrasse é uma rua repleta de casas antigas e muito bem preservadas, é o ponto alto para ver casas do tipo em Zermatt, no entanto, essas casas também podem ser encontradas em outros lugares da cidade.

Casas histórcias em Zermatt (Hinterdorfstrasse)

Casas históricas em Zermatt (Hinterdorfstrasse)

Casas histórcias em Zermatt

Casas histórcias em Zermatt

Chill out, Cafés, restaurantes, Spa’s, Happy Hour e Baladas

A cidade tem vários lugares onde você pode relaxar e ver a vida passar. A atmosfera é muito gostosa. Sem falar de hotéis elegantes com serviços de SPA e restaurantes de classe.

Praça em frente a Igreja São Mauricio

Praça em frente a Igreja São Mauricio

Hotel no centro de Zermatt e ao lado do Museu Matterhorn

Hotel no centro de Zermatt e ao lado do Museu Matterhorn

Os restaurantes de montanha também são acessíveis aos não esquiadores e essa é uma oportunidade ótima para um turista conferir (no inverno) o que as estações ooferecem de bom.

Zermatt é também um lugar muito animado e isso foi algo que me surpreendeu positivamente. Muitos lugarejos de esqui falam que são animados quando na realidade não são, possuem apenas um after-ski (happy-hour) meia boca e era isso. Zermatt não! Tem happy hour seguido de balada.

Para Happy Hour o Harris Sky Bar e o Papperla Pub foram os que mais gostei. Para noitada tem o Schneewittchen Nightclub, o Pink e o Broken Bar Disco.

Happy Hour (after ski) no Harrys Ski Bar

Happy Hour (after ski) no Harrys Ski Bar

Happy Hour (after ski) no Papperlla Pub

Happy Hour (after ski) no Papperlla Pub

O Schneewittchen Nightclub, assim como o Papperla Pub, pertencem ao grupo do Hotel Julien enquanto o Pink e o Broken ao Hotel Post. O Hotel Post é um excelente hotel, no coração de Zermatt, que conta com diversos resturantes e baladas. O vídeo abaixo é do Broken Bar Disco.

Compras em Zermatt

A Suíça é um país muito rico e fica claro que o povo, enquanto consumidor, é muito exigente. Tudo que vi em Zermatt tinha muita qualidade, não vi nada meia boca. O comércio é enorme e bem variado. Como fui em final de temporada encontrei excelentes artigos de inverno com bons preços.

Rua Principal de Zermatt

Rua Principal de Zermatt

Lojas em Zermatt

Lojas em Zermatt – chocolates Lindt e a japonesa Mont-Bell

Muitas lojas de artigos esportivos de marcas tradicionais do mundo todo. Sem falar de lojas de relógios, óticas, artigos eletrônicos, chocolaterias, etc. A loja da Lindt acho foi a mais variada que já encontrei. Vale a visita.

Onde ficar em Zermatt

Zermatt me pareceu um lugar que está sempre cheio. Fomos no final da temporada de esqui e estava lotado. Além de ser um destino mundialmente famoso, o que por si só já atrai inúmeros turistas, a cidade é uma meca tanto para esportes de inverno quanto de verão. Sem contar que os pontos de neve eterna do Matterhorn favorecem a prática do esqui o ano todo. Se não bastasse isso sempre tem um evento ou outro acontecendo. Quando estávamos lá eles estavam preparando um grande festival de música.

É por essas e outras que encontrar hospedagem econômica não é muito fácil. Nós achamos uma que adoramos. Falei sobre ela no post inicial dessa série. A acomodação é na realidade um apartamento, porém sem a exigência de um número mínimo de dias de estadia. Existem inúmeras acomodações do tipo em Zermatt, muito poucas na internet. Se quiser mais detalhes sobre o apartamento clique aqui.

Como chegar a Zermatt

A melhor forma, e talvez para muitos a única, é o trem. Zermatt tem uma política car-free; apenas carros licenciados podem na cidade. Se você estiver rodando a Suíça de carro provavelmente terá que deixar o carro em Tash e pegar o trem até Zermatt. Se você optar por fazer o trecho de trem não deixe de ler o post inicial desta série com dicas de como comprar passagens com desconto pelo site da cia. ferroviária Suíça.

Como se locomover em Zermatt

Zermatt possui um serviço de transporte público com horários limitados mas que atende bem as principais necessidades dos turistas. Apesar de você conseguir fazer quase tudo à pé, as ladeiras são cansativas. Não tem ladeira por tudo mas nossa acomodação ficava alguns bons metros acima da rua central.

É ótimo poder contar com o transporte público quando você está carregando seus equipamentos de esqui ou mesmo as compras do supermercado. Se você estiver esquiando o serviço é gratuito, caso contrário terá que pagar pelo ticket unitário.

Apesar da política car-free é muito fácil avistar mini carros elétricos por todas as partes. Eles são os taxis, os serviços públicos, o transporte público, etc. Confesso que achei essa política meio propaganda enganosa, como Zermatt possui ruas largas o povo corre com os carrinhos. Longe de ser a calmaria que uma cidade sem carros deveria oferecer.

Zermatt

Zermatt

É por tudo exposto acima que acho que ao menos uma noite em Zermatt deveria estar no seu roteiro, afinal de contas, em algum lugar a gente tem que dormir não é mesmo? Para não deixar esse post mais longo, irei escrever um post específico sobre o tema, logo coloco o link aqui.

Espero que tenham gostado do post e que Zermatt não fique de fora do seu próximo roteiro pela Suíça! E você, já foi a Zermatt? Gostou? Conta pra gente!

3 comentários sobre “Nove dias entre a Suíça Francesa, Berna e Zermatt – Últimos dias: Zermatt

    • planejandoaviagem disse:

      Olá Elizabeth, tudo bem?
      Sua pergunta é bastante ampla, você gostaria de dicas sobre o que? Sobre acomodação, transporte, passeios? Irei dar uma opinião geral e depois, se quiseres algo mais específico, entre em contato, ok?

      Eu recomendaria que dividisse sua viagem em 4 dias para cada cidade. Tente organizar seu voo para chegar por uma cidade e sair por outra, exemplo: chegue por Praga, passe por Vienna e se dirija a Budapeste (ou o contrário). Faça assim se possível para otimizar os tempos com deslocamentos.
      O ideal para se locomover entre as cidades é o trem. O site da Rail Europe, vende as passagens.
      Em Praga você consegue usar o metro de superficie e ônibus, no entanto muita coisa se faz a pé mesmo. Budapeste tem um metro bom, que atende todos os pontos turisticos. Infelizmente em Viena nunca estive. Pretendo ir em 2017🙂
      A Praga fui tem bastante tempo, então não tem post aqui no blog, na época fiquei hospedada no Ibis Praha Wenceslas Square e gostei bastante. Não fica em plena old town mas a localização é boa.
      Já sobre Budapeste, tenho um post com várias dicas, você poder acessá-lo nesse link aqui.
      Por fim, não se esqueça do seguro de viagem. Recomendo a Real Seguros, faça uma cotação aqui.
      Bom, por enquanto acho que era isso. Por favor entre em contato se precisares de algo mais.
      Bom, espero ter ajudado. Se precisares de algo mais entre em contato.

      Curtir

Deixe aqui seu comentário ou dúvida

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s