A Estação de Esqui de Stubai Glacier – O Topo do Tyrol (Esqui em Innsbruck)

Esse post faz parte da série de posts sobre atraçõespasseios e esqui em Innsbruck e arredores. Nesse post específico irei escrever sobre a estação de esqui de Stubaier Gletscher, Stubai Glacier em inglês.

Stubai Glacier é uma das nove regiões esquiáveis que podem ser acessadas através da cidade de Innsbruck. Ela está entre as mais altas e leva o apelido de topo do Tirol. Stubai Glacier me pareceu a estação mais inóspita da região, dos quatro dias em que estivemos lá, em somente dois ela esteve aberta.

Pistas e refúgio em Stubaier Gletscher

Ela foi a estação de esqui escolhida para nosso terceiro dia de viagem justamente devido ao clima. Se não fôssemos nesse dia não iríamos mais porque no nosso último e quarto dia a previsão era de que a mesma estivesse fechada devido ao mau tempo.

Stubai Glacier é a maior estação de esqui nos arredores de Innsbruck. Devido ao fato de estar em uma área de glaciares, oferece possibilidade de esqui de outubro até junho.

Continuar lendo

Anúncios

A Estação de Esqui de Kuhtai (Esqui em Innsbruck)

Esse post faz parte da série de posts sobre atraçõespasseios e esqui em Innsbruck e arredores. Nesse post específico irei escrever sobre a estação de esqui de Kuhtai que, conforme já mencionei em posts anteriores, é uma das nove regiões esquiáveis que podem ser acessadas através de Innsbruck.

Kuhtai

Kuhtai foi a estação de esqui escolhida para o nosso segundo dia de esqui. A escolha foi em função do clima. Segundo o funcionário do no hotel onde nos hospedamos, quando o clima em Innsbruck está encoberto, em Kuhtai nunca está. E não é que ele acertou na mosca?

COMO CHEGAR EM kuhtai

Fomos até Kuhtai com o ônibus para esquiadores que é oferecido gratuitamente pela prefeitura. Ele pega você na frente do seu hotel. Um conforto só. Só cuidado porque ele não passa em todos os hotéis da cidade.

Continuar lendo

Zermatt: Esqui aos pés do Matterhorn

Recentemente escrevi um post sobre Zermatt e nele falei de uma forma geral sobre a cidade, hospedagem, como chegar e o que fazer. Se por acaso você chegou ao blog através deste post mas não tem interesse em esquiar recomendo que acesse o post anterior (link aqui). Caso tenha interesse específico no esqui esse post é para você!  Irei escrever sobre as regiões e passes de esqui e também sobere aluguel de equipamentos em Zermatt.

Regiões de Esqui em Zermatt

Na imagem abaixo é possível ter uma ideia da dimensão da região de esqui ao redor de Zermatt. São três regiões em Zermatt – Sunnegga-Rothorn, Gornergrat e Matterhorn Glacier Paradise – e duas na Itália, Breul-Cervinia e Valtournenche. Somadas elas garantem 360 km de pistas e 54 lifts. A região do Matterhorn Glacier Paradise tem inclusive pistas com neve eterna e essa parte da estação fica aberta o ano todo.

Zermatt - visão geral das pistas

Zermatt – visão geral das pistas

Passes de Esqui em Zermatt

Os passes de esqui em Zermatt refletem exatamente as regiões acima descritas. Ou você compra o passe somente para as regiões de Zermatt ou compra o Internacional que incluí a Itália. Como achamos que comprar o ticket internacional todos os dias seria um exagero, não conseguiríamos esquiar toda a região todos os dias, planejamos começar por Gornergrat e Sunnegga-Rothorn e finalizar no Matterhon + Breul-Cervínia.

Continuar lendo

Nove dias entre a Suíça Francesa, Berna e Zermatt – Últimos dias: Zermatt

É chegada a hora de escrever sobre o último destino desta viagem de nove dias pela Suíça; o destino mais esperado e que inspirou toda a viagem: Zermatt. Já conheci muitos locais de esqui e Zermatt está entre os melhores em que já estive. Além de estar aos pés do Matterhorn, Zermatt é um lindo vilarejo de montanha de tamanho médio e com ótimas opções de lazer.

Zermatt, aos pés do Matterhorn

Zermatt, aos pés do Matterhorn

São três grandes regiões esquiáveis suíças (Sunnegga + Rothorn, Gornergrat e Matterhorn Glacier Paradise), que se integram através do Matterhorn Ski Paradise com Breul-Cervinia e Valtournenche na Itália. Juntas elas oferecem 360 quilômetros de pistas e 54 meios de elevação dos mais diversos tipos. Acesse o mapa interativo aqui. No entanto, Zermatt oferece inúmeras atrações além do esqui e esse post vai ser dedicado a elas.

O que fazer em Zermatt?

Gornergrat Bahn

A Gornergrat Bahn é uma ferrovia que leva você até o topo do Gornergrat com algumas paradas no caminho. Ela fica localizada em frente à estação ferroviária de Zermatt.

Mapa da Gornergrat Bhan em Zermatt

Mapa da Gornergrat Bhan em Zermatt

Estação da Gornergrat Bhan em Zermatt

Estação da Gornergrat Bhan em Zermatt

Fazer um passeio no meio dessa natureza tão inóspita dentro do conforto de um trem como esse não tem preço. Quando você faz o trajeto em trem até Zermatt você já fica maravilhado, depois disso vem essa ferrovia e você fica mais de queixo caído ainda. Quanto você avista o trem não dá nada por ele, basta dizer que ele sobe até 3 mil metros :O

Continuar lendo

Páscoa na Suíça: Nove dias entre a Suíça Francesa, Berna e Zermatt

Finalmente escrevendo sobre a viagem pela Suíça que tive a oportunidade de fazer na Páscoa deste ano de 2016. Nunca tinha visitado a Suíça e estava adorando a oportunidade de conhecer a famosa terra dos chocolates suíços (e muito mais!) em plena Páscoa. O grande motivador desta viagem foi novamente o esqui. Eu e meu namorado queríamos muito, mas muito, esquiar em Zermatt. Como já escrevi diversas vezes aqui no blog, sempre que fazemos uma viagem de esqui temos por hábito conhecer alguma capital, cidade ou região de interesse próxima ao local onde iremos esquiar. Desta vez decidimos que iríamos fazer os pontos altos da Suíça Francesa e depois nos dirigíamos até Zermatt.

Souvenirs Suíça

Nosso roteiro ficou assim: chegamos por Genebra, onde passamos o primeiro (e também o último) dia antes de no dirigimos até Lausanne; cidade que escolhemos como base. Em Lausanne ficamos três noites porém a partir dela exploramos também Montreux, Vevey no segundo dia, e Berna e Fribourg, no terceiro. No quarto dia fomos para Zermatt onde ficamos cinco noites.

Continuar lendo