Em Ibiza com o AirBnB

Há uns meses atrás li um post do VnV que falava sobre o AirBnB e achei muito bacana porque enquanto lia aquele post estava justamente vivendo aquela experiência. Agora, alguns meses depois, chegou a hora de compartilhar minha experiência com o AirBnB em Ibiza.

Para quem não conhece, o AirBnB é um site que serve como intermediário na contratação de hospedagem. É possível alugar quartos, apartamentos ou casas por temporada negociando diretamente com o proprietário. No AirBnB também é possível encontrar acomodações do tipo B&B (Bed and Breakfast), que na verdade não deixam de ser quartos na casa de pessoas porém alguns tem um estrutura mais organizada, mais parecida com um pequeno hotel.

Sobre o AirBnB o que posso dizer é que o processo de escolha foi fácil, a ferramenta é ótima, muito amigável, tem vários filtros e você tem acesso as opiniões de quem já ficou no local, o que ajuda a dar confiança. O cadastro não foi complicado de fazer, eles exigem algumas coisas no perfil, como foto e uma verificação com facebook, além disso validam sua existência através de uma ligação ou sms. Demora um pouco afinar o cadastro porém acho que esse processo dá mais segurança tantos aos proprietários quanto a quem aluga.

Painel do AirBnB

Painel do AirBnB

O pagamento foi feito, antecipadamente, com cartão de crédito mas só foi liberado depois do nosso check-in. No nosso caso precisamos dar um pequeno sinal (também com cartão de crédito) e pagar um seguro, exigido pela proprietária (nem todos exigem), que foi devolvido. Esse procedimento também funcionou perfeitamente.

Toda a comunicação com a proprietária, através de mensagens/painel do AirBnB, também foi tranquila e rápida. Como nossa estadia era de uma semana conseguimos inclusive negociar um desconto na diária. Fizemos as perguntas, fizemos uma oferta e ela topou.  Assim, ela mesma alterou o preço e nos avisou para pudéssemos fazer a reserva. Aqui tivemos um pequeno probleminha de entendimento, o preço fechado era diferente do que aparecia na tela, demoramos um tempo para nos darmos conta que o preço era apresentado em dólares e não em euros, portanto, sempre bom estar atento à moeda…risos.

Se você ainda não conhece o AirBnB e que se cadastrar, faça através desse link aqui. Utilizando esse link você ganha um crédito.

O apartamento alugado em Ibiza era na verdade um quarto, com banheiro compartilhado, na casa/apartamento de uma moradora da ilha. Eu sei que só de falar em banheiro compartilhado muitos ficam de cabelo em pé, eu antes de morar em Roma também tinha minhas restrições mas confesso que essa restrição caiu por terra tem algum tempo desde que o número de pessoas seja pequeno. Nesse caso, a moradora era dona de um triplex na região de Figueretes e dividiríamos o triplex com ela.

Praia de Figueretes

Praia de Figueretes

No andar de cima, ficava a varanda, a cozinha, estilo americana, e a sala. No andar do meio um quarto de casal, um com duas camas de solteiro (tipo beliche) e o banheiro. No andar de baixo o quarto da proprietária. A comunicação entre o primeiro e o último andar era feita através de escadas externas o que dava mais privacidade ao segundo andar (onde ficamos). A proprietária também fazia um uso muito equilibrado da casa, ela não alugava os dois quartos ao mesmo tempo para pessoas que não se conheciam. No caso de duas pessoas, ela deixava que as pessoas decidissem se preferiam ficar no de casal, no de solteiro ou em ambos (1 pessoa em cada).

A localização do apartamento achei boa, o mais chatinho era a subidona mas deu para encarar e depois, a vista compensava. Era próximo do centro novo (supermercados, onibus e mercadão), da cidade antiga (15 minutos à pé) e a 30 minutos da Playa d’en Bossa (caminhando). Tudo muito organizado, limpo e confortável. Com acesso à internet, uso compartilhado das áreas de uso comum e também da máquina de lavar roupas. Como adicional direito a vista da Ilha de Formentera. Aliás, também muito bem localizado para pegar os barcos para Formentera.

Sofri um pouco com o calor porque o quarto não tinha ar-condicionado e em uma das noites o ventilador não deu conta. Porém, segundo nossa host, ela estava providenciando o ar. Além disso acho importante dizer que ela tem um gatinho. Eu, que não tenho muito jeito com animais, não tive problema algum.

Nossa Host tinha uma vida profissional e social bem ativa e passava grande parte do tempo fora de casa. Ao acordarmos ela já não estava e quando chegavámos, no final do dia, ela estava por chegar. Jantamos juntos várias vezes, até porque nossa idéia era de alugar um apê com cozinha para aproveitar o mercado de peixes e outras delícias que podíamos comprar no supermercado. Ao longo dos jantares, regados a Cavas e a vinhos, em pleno terraço com uma vista linda, descobrimos que na verdade ela era argentina, conhecia o Brasil, e que tinha se mudado para a Espanha na década de 70 quando as coisas na Argentina se complicaram.

Vista noturna do apartamento em Ibiza

Vista noturna do apartamento em Ibiza

Ela conhecia praticamente tudo na ilha, nos deu várias dicas, contou histórias, fez tortillas e nos recebeu super bem.

Bebericando em Ibiza

Bebericando em Ibiza

O filho dela chegou a dormir alguns dias na casa e foi bacana porque também nos deu algumas dicas de baladas e vouchers de desconto para festas. Fiquei pensando: imagina se, como ele, eu tivesse crescido aproveitando as baladas e praias de Ibiza? Que luxo!!

Para completar a experiência a filha dela era chef de cozinha e morava em uma propriedade pequena afastada da cidade, mandava para ela, e para a gente de quebra, figos frescos colhidos do quintal que eram preparados com queijos deliciosos.

Enfim, essa foi minha experiência AirBnB. Minha segunda vez em Ibiza porém acho que passei de turista acidental a veranista local. Eu amei e recomendo. Infelizmente tirei poucas fotos assim deixo o link para o AirBnB e testemunho que as fotos fazem jus ao apê.

Leia mais:

5 comentários sobre “Em Ibiza com o AirBnB

  1. Ricardo Dellai disse:

    Por ser um sistema bem novo precisamos ter precaução.
    Tenho optado por escolher só quem é verificado offline e online e são muito poucos.
    Na itália está bem difícil encontrar.

    Abbracci.

    Curtir

Deixe aqui seu comentário ou dúvida

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s