América do Sul, Montevideu, Uruguai

Montevidéu – Como chegar, atrações, hotéis, compras e gastronomia

Faz muito tempo que queria escrever sobre Montevidéu, essa semana, depois de conversar com minha irmã sobre planos de viagem, o papo trouxe aquela motivação que faltava para colocar as dicas de Montevidéu no blog. Espero que gostem 😊!

Montevideu - vista da orla (ramblas) e skyline
Montevideu – vista da orla (ramblas) e skyline

Eu simplesmente adoro o Uruguai, quem me segue deve saber que sou de uma cidade próxima à fronteira com o Uruguai. Minhas viagens ao Uruguai se intensificaram depois de adulta e já bastante viajada. Foi aí que deu “match”, passei a valorizar muito toda a experiência de viagem que o Uruguai oferece.

Nesse momento aguardo ansiosamente que o Uruguai – um dos países que melhor lidaram com a Pandemia de Corona vírus no mundo – abra suas fronteiras. Me sentiria mais segura no Uruguai do que estando no Brasil e acho que o Uruguai é um destino incrível, e próximo, para as viagens no pós-pandemia.

Montevidéu

Montevidéu é uma cidade de porte médio para os padrões brasileiros, aquele lugar onde parece que a vida passa devagar mas não por isso de forma menos interessante. Uma cidade limpa, organizada, segura, com muita qualidade de vida.

Montevidéu – Quanto tempo

Os pontos altos de Montevidéu podem ser visitados em um final de semana, mas recomendo no mínimo 3 noites no verão, caso não planeje estender a estadia até Punta del Este, e 2 noites no inverno. De qualquer forma, leia o post, verifique as atrações e decida.

Montevidéu – Como Chegar

A cidade é muito bem conectada através do aeroporto Internacional de Carrasco e também pode ser acessada facilmente de carro através do sul do Brasil/Argentina. Muitos também utilizam o transporte fluvial e chegam à cidade através de catamarãs e ferries que a conectam à cidade argentina de Buenos Aires. Esse serviço e oferecido pela BuqueBus.

No terminal rodoviário Tres Cruces chegam os ônibus, clique aqui para consultar destinos e horários.

Montevidéu – O que fazer

  • Comece visitando o coração da cidade, a Plaza Independenza;

Nela se localizam o Theatro Solis (oferece visita guiada), o super fotografado Palácio Salvo (visitas guiadas), o Monumento/ Mausoléu do General Artigas (também pode ser visitado).

Montevideu - Teatro Solis na Plaza Independenza
Montevidéu – Teatro Solis na Plaza Independenza
Montevideu - Palacio Salvo, na Plaza Independenza
Montevidéu – Palácio Salvo, na Plaza Independenza
  • A partir da Porta da Ciudadela caminhe pela Rua Sarandi, o calçadão de Montevideu, explore um pouco mais do Centro Histórico (chamado Cidade Velha) através de sua arquitetura, cafés e livrarias;
Montevideu - Puerta de la Ciudadela com Escultura e Mausoleu General Artigas ao fundo e Plaza Matriz
Montevideú – Puerta de la Ciudadela com Escultura e Mausoleu General Artigas ao fundo e Plaza Matriz
  • Se tiver interesse, visite o Museu Andes criado para  lembrar a memória do desastre aéreo de 1972 – retratado no filme Vivos;
  • Visite o Mercado del Puerto que pode ser uma opção para um almoço. Apesar de turístico o local também e frequentado pelos locais. Prove um assado da parrilla e o drink médio y médio – uma mistura, já engarrafada, de espumante e vinho branco;
Montevideu - Mercado del Puerto - interior e parrilla
Montevidéu – Mercado del Puerto – interior e parrilla
  • Explore o centro “novo” caminhando pela Av. 18 de julho. Nela você encontrará o Outlet da Daniel Cassin e o Super Outlet, um outlet de várias lojas Uruguaias;
  • Caminhe, faça algum esporte e/ou curta o entardecer no enorme calçadão à beira das Ramblas de Montevideo, uma avenida de 22 km que costeia o Rio da Prata – a praia dos Uruguaios – desde o centro (Cuidade Velha até o bairro de Carrasco);
  • Visite o Palácio Legislativo (oferece visita guiada);
Montevideu - Palácio Legislativo
Montevidéu – Palácio Legislativo
Montevideu - Monumento a La carreta
Montevidéu – Monumento a La carreta
  • Visite o Parque Rodo e o Bairro e Shopping Punta Carretas;
  • Passeie pelo agradável bairro de Pocitos, fica aqui o Montevideo Shopping;
  • Visite o Parque do Prado, onde ficam os Monumentos a la Diligencia e aos Charrua, e o Rosedal e o Jardim japonês;
Montevideu - Escultura em homenagem ao Indios Charruas
Montevidéu – Escultura em homenagem aos Charruas
  • Vá até o bairro de Carrasco, vejo o lindo prédio do hotel Sofitel, aprecie a linda vista de Montevidéu;
  • Faça um passeio enogastronômico, visite uma vinícola próxima.

A Carrau e a Bouza estão nos arredores da cidade enquanto a Pizzorno fica em Canelones e oferece inclusive opções de hospedagem no elegante e rústico Pizzorno Wine Lodge.

Se você não estiver de carro ou tiver pouco tempo recomendo muito um tour guiado ou mesmo o passeio em ônibus de Sightseeing, clique aqui para ver mais opcões disponíveis.

Montevidéu – Praias

Montevidéu tem muitas praias “de rio”. Quem vai no verão, com sol e com tempo pode dedicar ao menos uma parte de um dia de viagem a uma delas. Será uma experiencia muito local!

Montevideu - Praia
Montevidéu – Praia

Segue uma lista com as praias que compõem a orla leste, desde o centro histórico até o bairro de Carrasco.

  • Playa Ramírez – popular e com muitas atividades, águas escuras, rasa, frequentada por famílias;
  • Playa de los Pocitos – para ver e ser visto, num bairro moderno e com muitos serviços;
  • Playa Buceo – não adequada para banho;
  • Playa Malvin – águas claras em bairro elegante;
  • Playa Brava
  • Playa Honda – longa, estreita, profunda e com ondas, a praia dos surfistas;
  • Playa de los Ingleses
  • Playa Verde – águas mais claras pela proximidade do oceano, cercada de prédios residênciais e áreas verdes;
  • Playa la Mulata – praia tranquila, sem serviços;
  • Playa Carrasco – 4 km de extensão e poucas ondas.

Montevidéu – Onde se hospedar

Em Montevidéu já me hospedei em três hotéis distintos, cada um com suas características.

O Ibis Montevideo é para quem procura o padrão Ibis e um preço economico. A localização, próximo a Rambla e Playa Ramirez é um pouco afastada do centro velho e dos bairros de interesse turístico. Mas nada que um carro/Uber ou caminhada não resolva. A cidade é pequena.

O Holiday Inn possui uma localização central e quarto muito confortáveis, as áreas comuns já precisam de uma renovação mas acho que até combinam com a atmosfera “charmosa decadente” do Uruguai. Ele está ao lado do cassino do Hotel Radisson então é ótimo para aquela jogatina no final da noite 😉 Aliás, o Radisson também e uma excelente opção, principalmente pra viagens em família.

O Mercure Montevideo Punta Carretas é um hotel pequeno, se parece com um hotel boutique. Grande parte das acomodações tem vista para o Rio e da Rambla mas não ficam em frente a praia. As acomodações não são grandes, mas são confortáveis e o serviço de hotelaria é bom.

O hotel não possui estacionamento – eles dizem ser tranquilo estacionar na rua – no entanto, na última vez em que estivemos hospedamos houve uma tormenta muito forte com previsão de granizo e nos recomendaram estacionar em um lugar coberto. Nossa melhor opção de estacionamento foi o Shopping Center Punta Carretas, onde o pernoite custou 20 dólares. Wow!

Montevideu - Hotel Mercure - quarto
Montevidéu – Hotel Mercure – quarto

Outra vantagem do hotel é a proximidade com o Shopping que oferece inúmeros serviços. São apenas 300 metros. Nós optamos por não contratar o café da manhã do hotel e tomar café na famosa cafeteria Oro del Rhin.

Montevideu - Hotel Mercure - banheiro
Montevidéu – Hotel Mercure – banheiro

Meu sonho de consumo hoje em dia, e também uma meta (risos), é me hospedar em todos os hotéis da Accor em Montevidéu. Para isso falta apenas, e nada menos, que o Sofitel Montevideo Casino Carrasco e SPA. Me lembro de quando o prédio estava abandonado e depois da grata surpresa que tive ao vê-lo completamente renovado e tão elegante.

Sofitel Montevideo Casino Carrasco and Spa
Sofitel Montevideo Casino Carrasco and Spa

Montevidéu – Onde comer – restaurante e cafés

Em Montevidéu se come muito bem. Embora as carnes sejam o carro chefe os “pescados” também são valorizados devido à proximidade com o mar e ao tamanho da costa.

Conforme citei acima, acho que uma visita ao Mercado del Puerto deve ser incluída no seu roteiro, por lá indico o El Palenque. Ainda na linha das parrillas também indico a La Perdiz e a La Vaca (mais arrumadinhas) e a e La Fonda del Puertito (simples).

Na linha dos restaurantes gostei muito do Francis (sofisticado). No centro indico o La Fonda. Para aquela refeição rápida indico a rede La Pasiva e para cafés a Oro del Rhin (no centro e Shopping Punta Carretas) e o Lab Coffe Roasters (pegada moderna Punta Carreta e Pocitos) e, em breve, o Tostado Caffe Club, no Montevideo Shopping.

Montevideu - Restaurante Francis - Entrada e pratos principais
Montevidéu – Restaurante Francis – Entrada e pratos principais

Aqui no blog tem um post bem completo sobre as comidas típicas do Uruguai (pancho, chivitos, milanesas, etc), nele também explico a diferença de parrilla e parrillada. Não deixe de conferir clicando aqui!

Por último uma dica importante: não passe pelo Uruguai sem provar os doces como os alfajores, a torta Chaja, o doce de leite, os croassaints (vá na Medialunas Calentitas) e mesmo os sorvetes.

Montevidéu – Compras

As compras no Uruguay, com exceção das cidades fronteiriças onde existem os free shop, não são lá aquela pechincha mesmo com o direito ao tax-free. No entanto Montevidéu tem uma grande oferta de lojas e produtos que muitas vezes não encontramos no Brasil.

A última vez em que estive no Shopping Puntas Carretas observei que estavam para abrir uma loja da H&M, meus olhos não acreditavam no que viam! Também vi uma loja da Cartes, que só recentemente veio a abrir no Brasil, e por aí via. Portanto, para aqueles que gostam de olhar vitrines recomendo uma visita ao Shopping Punta Caretas, ao Montevideo Shopping (nessa ordem) e os outlets da Av. 18 de julho

Montevideu - Shopping Punta Carretas - Cafe Oro del Rhin - café da manhã
Montevidéu – Shopping Punta Carretas – Cafe Oro del Rhin – café da manhã

Montevidéu – Day Tours/Bate e voltas

Uma viagem a Montevidéu pode tranquilamente incluir bate e volta a alguns destinos próximos como Punta del Este ou Colonia del Sacramento. Dependendo da quantidade de dias disponíveis talvez seja até o caso de dividir a estadia entre Montevidéu e alguma dessas cidades. Aqui no blog temos muitos artigos sobre cidades no Uruguai, não deixe de conferir!

Se quiser estender sua estadia pelos países do Mercosul você pode inclusive acrescentar uma ida até Buenos Aires. A partir de Colonia, com a BuqueBus, partem catamarãs e ferries com destino a capital portenha. No caso de viagens em carro próprio recomendo que você deixe seu carro no estacionamento em Colonia del Sacramento e faça a trajetória sem o mesmo.

Se estiver sem carro não deixe de conferir os passeios disponibilizados pela GetYourGuide.

Não esqueça que quando o turismo retornar todos os locais, desde atrações até restaurantes, estarão trabalhando com um percentual menor de ocupação, portanto, reservar é fundamental. Para os passeios recomendo muito as empresas citadas no artigo, a Civitatis e a Get Your Guide.

Montevidéu – Mapa com pontos de interesse do post

Dicas importantes no planejamento de uma viagem pelo Uruguai

  • Não esqueça que pagando restaurantes no cartão você tem direito à devolução do IVA, recomendo que acesse o link para maiores detalhes pois as regras e a validade delas mudam com frequencia;
  • Muitos restaurantes oferecem descontos adicionais pagando com determinadas bandeiras de cartão, informe-se durante a visita;
  • Se for viajar de carro pra além da fronteira não esqueça de fazer a carta verde, talvez seu seguro de carro forneça alguma cobertura, verifique;
  • Se o carro não estiver no nome das pessoas que estarão viajando é necessária uma autorização em cartório pelo proprietário do veículo;
  • Nas viagens terrestres não esqueça dos procedimentos de saída do Brasil e entrada no Uruguai (na ida) e de realizar o oposto na volta. Os procedimentos devem ser realizados nos respectivos postos fronteiriços;
  • Nas viagens terrestres e em época de pandemia avalie a contratação de um seguro saúde, fica próximo do Brasil mas é exterior. O cartão de credito não oferece seguro gratuito nos casos de viagens terrestres em carro próprio, talvez seu seguro de carro forneça alguma cobertura, verifique;
  • O Clima no Uruguai é frio no inverno e possui noites frescas mesmo no verão, não esqueça um casaquinho;
  • Em relação a moeda, dólares, pesos uruguaios ou mesmo reais são amplamente aceitos;
  • O Uruguai e um dos países referência no enfrentamento da pandemia COVID-19 no entanto, enquanto escrevo esse post, ainda não é permitida a entrada de brasileiros no território Uruguaio salvo algumas exceções. Conforme escrevi no início deste artigo, espero que isso mude em breve. Para maiores informações,  e informações atualizadas, recomendo a leitura do site do Ministério do Turismo Uruguaio, acesse a opção “Qual documentação necessito para viajar ao Uruguai?”, submenu “Novas condições de entrada no Uruguai no contexto COVID-19“.

Deixe aqui seu comentário ou dúvida

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s