América do Sul, Bento Gonçalves, Brasil, Garibaldi, Rio Grande do Sul, Tema Enoturismo

Enoturismo na Serra Gaucha – Segundo Dia (Vale dos Vinhedos e Garibaldi)

Acabei de voltar de uma viagem de enoturismo super gostosa pela Serra Gaúcha (Vale dos Vinhedos e arredores), mais precisamente pelas cidades de Garibaldi, Bento Gonçalves e Pinto Bandeira. Aqui nesse post irei dar detalhes sobre nosso segundo dia de roteiro. Se você ainda não viu o post índice (com todas as informações da viagem), clique aqui para acessá-lo.

Nosso segundo dia de roteiro foi assim:

  1. Vinícola Don Laurindo, Vale dos Vinhedos
  2. Vinícola Alma Única, Vale dos Vinhedos
  3. Vinícola Miolo, Vale dos Vinhedos
  4. Almoço Café Filo, Vale dos Vinhedos
  5. Vinícola Pizzato – Casa Merlot, Vale dos Vinhedos
  6. Jantar Trattoria Primo Camilo, em Garibaldi

1.Vinícola Don Laurindo

Começamos o dia sentindo a perlage na boca! Perlage, para quem não conhece o termo, são as borbulhas dos espumantes. A perlage é algo muito serio no mundo dos espumantes. O ideal é que seja fina e persistente (ninguém quer beber sal de fruta ou mesmo espumante zero frizz não é mesmo?). Fomos muito bem recebidos na Don Laurindo.

Vinicola Don Laurindo - Fachada
Vinicola Don Laurindo – Fachada

O lugar é pequeno mas charmoso, tem uma parte nova recentemente inaugurada onde o visitante é recebido. Ali você faz uma degustação de acordo com o rótulo a sua escolha ou então escolhe uma degustação específica, visita a loja e entra em contato com a história da família. A Don Laurindo fica na Linha Garibaldina, a linha que liga Garibaldi à linha principal do Vale dos Vinhedos.

Vinicola Don Laurindo - loja e cardapio degustacao
Vinicola Don Laurindo – loja e cardapio degustacao

2.Vinícola Alma Unica

Saímos da Don Laurindo, seguimos a Linha Garibaldina até o final e viramos à direita na linha principal. E eis que avistamos uma das vinícolas mais bonitas do Vale dos Vinhedos, a Alma Única. Por coincidência os donos da Alma Unica são filhos do seu Laurindo, o mesmo da vinicola que tínhamos visitado anteriormente,

A Alma Única é uma das primeiras vinícolas a serem avistadas se você começa a visitar o vale a partir de Bento Gonçalves. Avistar a Alma Única é sentir-se na Toscana, aposto que ninguém resiste a uma foto/selfie.

Vinicola Alma Unica
Vinicola Alma Unica

Dentro da loja o  ambiente é mais sério, estilo executivo, sobrio. Achei interessante que é possível ver a fabrica da vinícola que funciona atrás do balcão. Na Alma Única o pessoal nos ofereceu alguns rótulos para provar, não chegamos a pagar pela degustação. Eles foram muito simpáticos, nos deram muita informação, falaram muito a respeito da gravidade na elaboração dos vinhos e nos deram uma aula sobre taças para espumantes. Nos sentimos muito bem recebidos. Provamos o espumante Brut e o Rose.

Vinicola Alma Unica
Vinicola Alma Unica

Falando em taças, observem em algumas fotos como são lindas essas taças onde a maioria dos lugares servem os espumantes. Eu amei.

3.Vinícola Miolo

Saímos da Alma Única, em um extremo da linha principal e fomos até o outro extremo, mas notem que são poucos quilômetros, para conhecer e passear pela Miolo. A Miolo tem uma área grande, e nosso bebe já estava inquieto no carro. Enquanto ele tirava uma soneca no Wine Garden, junto com a vovó, aproveitamos e fizemos a visita com degustação de 4 rótulos.

Vinicola Miolo - nos na visita e o Enzo com a Vovo
Vinicola Miolo – nos na visita e o Enzo com a Vovo

A Miolo é uma vinícola grande, a experiencia de visita é diferente, chega gente a todo momento, é bem mais turística, e, assim como a Aurora, eles possuem visitas em horários próximos e estão muito bem preparados para atender a todos. O básico da visita guiada se repete um pouco, não tem como reinventar a roda. Você visita os tanques de fermentação, a vinícola por dentro, ouve sobre o processo de fabricação, etc. Porem na Miolo duas coisas fizeram a diferença: visitar o parreiral modelo e poder provar as uvas (não sei como não saímos com dor de barriga) e a alegria e conhecimento do guia que conhecia muito da empresa e do mundo dos vinhos.

A degustação é rápida e também muito bem organizada. Uma taça para cada vinho, pessoas só para servir o vinho, bem diferente da estrutura informal das vinícolas boutique. No final, você pode reverter uma parte do valor da visita/degustação em vinhos da loja. E como a Miolo tem uma linha de entrada bastante econômica é quase impossível sair sem algum rotulo nas mãos.

Vinicola Miolo - visita e degustacao
Vinicola Miolo – visita e degustacao

4. Almoço Café Filó e Wine Garden Miolo

Quando a degustação acabou estávamos loucos de fome. Mais uma vez já era tarde e não sabíamos onde comer, meus pais tinham comido umas bruschettas no Wine Garden da Miolo então optamos por um lanche rápido no Café Filo.

O Café Filo tem a vantagem de não fechar ao meio dia e estar em uma posição bem central em relação a rota principal no vale dos vinhedos. No entanto, pratos salgados mais ao estilo almoço só são servidos nos finais de semana. Como esse dia era uma sexta-feira optamos por sanduíches e massas, eu pedi o capeletti frito, gostei mas estava longe do que pensava que seria, estava mais para um aperitivo que para um prato salgado de almoço. Recomendo esse prato se você quer fazer um happy hour ou dividir com amigos como entrada mas não como uma refeição.

Uma outra excelente sugestão para esse almoço tardio teria sido o Valontano Risoteria e Café, ele fica aberta para almoço de de terça à domingo e serve alla carte, além dos risotos servem também outros pratos e teria sido possível provar os vinhos deles.

5.Vinícola Pizzato

Depois do Café Filo visitamos a ultima vinícola do dia, a Pizzato Vinhas e Vinhos. A Pizzato fica um pouco escondida mas a sua Casa Merlot, como é chamado o seu prédio, vale a ida até ela. O lugar tem uma vista muito bonita e já está ficando pequeno para a quantidade de turistas que recebe.

Vinicola Pizzato - Casa Merlot e seu mirante
Vinicola Pizzato – Casa Merlot e seu mirante

A Pizzato tem foco em degustação, provamos 8 rótulos por 48 reais. Desde a linha de entrada até os carros chefe da casa. Gostei da experiencia mas como era final do dia achei que tanto o sommelier quanto nós já estávamos cansados. Não achei a degustação tão rica em termos de interação/informação mas os vinhos são muito bons. Já compramos vários da linha Fausto desde então 🙂

6.Trattoria Primo Camilo

Nossa noite terminou com mais um belo jantar. Dessa vez escolhemos a Trattoria Primo Camilo. Chegamos com um pouco de chuva e o pessoal foi super prestativo ao nos receber com guarda-chuvas. O atendimento do restaurante também era muito bom, fomos muito bem orientados quanto ao cardápio e carta de vinhos.

Os pratos de massa servem duas pessoas mas você pode pedir metade por 50% do valor do prato, achei super justo. No nosso caso foi bom porque minha mãe tem muitas restrições alimentares então pedimos meio prato de uma massa com molho vermelho para ela e uma porção e meia de outro prato, o capelettoni de pato. Que prato delicioso, bem que o Rappi podia entregar em Sampa.

A carta de vinhos não era na realidade uma carta, mas sim uma adega. Você vai até a adega, que fica em uma sala, assim mesmo, super fresca e aberta – vantagem de morar na serra, e escolhe o que vai beber. Nos escolhemos mais uma vez um espumante, fomos no espumante da casa, que nesse caso era feito pela Alma Única.

O local é bem charmoso, tem muitas mesas. A conta, com serviço, saiu 250 reais, uma média de 58 reais por pessoa. Um ótimo custo benefício. Os pratos são extremamente bem servidos. Só tenho a a agradecer a atenção com meu bebê e meu pai, que era o aniversariante da noite e ganhou bolinho e parabéns.

O pessoal da Trattoria Primo Camilo também é dono do Mamma Gemma e do Pizza entre Vinhos, ambos no Vale dos Vinhedos. O primeiro só abre para almoço e o segundo só para o jantar.

Um comentário em “Enoturismo na Serra Gaucha – Segundo Dia (Vale dos Vinhedos e Garibaldi)”

Deixe aqui seu comentário ou dúvida

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s