Nove dias entre a Suíça Francesa, Berna e Zermatt – Segundo dia: Montreux e Vevey

No post anterior dei algumas dicas de nosso segundo dia de viagem pela Suíça, mais especificamente dicas de viagem em Lausanne. No entanto, nosso segundo dia foi longo e se estendeu também a Montreux e Vevey. Assim esse post conta um pouco de como foi a segunda parte do nosso segundo dia na Suíça em Montreux e Vevey.

Chegada na Promenade em Montreux

Chegada na Promenade em Montreux

Conforme contei no post sobre Lausanne, saímos de Lausanne para Montreux por volta das 15 horas. De Lausanne a Montreux de trem a viagem é muito rápida, os trens passam a cada 15 minutos e levam 20 minutos até lá.

Chegamos na estação de Montreux e bateu uma fominha. Paramos em uma espécie pâtisserie/boulangerie chamada no Fleur de Pains; local simples com comidas lindas e deliciosas. Um bom lugar para um lanche rápido ou uma refeição mais simples. Na parte Francesa da Suíça é como na França: a gente come com os olhos, não tem como evitar. E como não podia ser diferente, a inspiração era francesa: croissants, croque monsieur/madame, quiches, saleé à la creme, pain aux rasin, éclairs, etc. Como queríamos algo salgado escolhemos o pate a le viande (foto abaixo).

Pate a le viande no Fleur de Pains em Montreux

Pate a le viande no Fleur de Pains em Montreux

Depois do pit stop na Fleur de Pains seguimos em direção ao lago e fomos dar na promenade da cidade. Caminhamos ela toda, curtindo as belezas do caminho. Impressionante o charme de Montreux. Sempre quis conhece-la, nem acreditava que estava lá, tinha que me beliscar. Superou muito minha expectativa que era extremamente alta. Mais limpa, mais organizada, mais charmosa, mais bem preparada para o turismo; e também maior e com mais serviço do que imaginava.

Caminhando ao longo do lago você vai avistando algumas das atrações. Tem o Grand Hotel Majestic, um dos cartões postais.

Grand Hotel Suisse Majestic

Grand Hotel Suisse Majestic

A estátua do Fred Mercury, que foi morador da cidade e era apaixonado pela mesma.

Promenade Montreaux e Estatua Fred Mercury

Promenade Montreaux e Estatua Fred Mercury

A galeria e rua do mercado.

Galeria e Rua do Mercado em Montreux

Galeria e Rua do Mercado em Montreux

Uma estrutura oval em madeira que imagino ser utilizada como trampolim no verão, assim como as belas casas, apartamentos e jardins ao longo do caminho.

Promenade Montreux

Promenade Montreux

Caminhamos até o final e para nossa surpresa tinha um jardim com motivos dedicados a várias partes do mundo. O da foto era da Holanda.

Promenade Montreux

Promenade Montreux

Pouco a pouco fomos voltando e, depois de ter passeado pelo lago decidimos andar pelo centro da cidade, queríamos muito um expresso. Não é só a região ao redor do lago que é muito bonita e conservada, o centro também é muito bem cuidado. A arquitetura é um pouco diferente mas também chama a atenção.

Centro de Montreux

Centro de Montreux

Eis que encontramos mais uma cafeteria linda com mais doces que se comem com os olhos. Não resistimos. O local chama Zurcher. Recomendo!

Cafeteria Zurcher

Cafeteria Zurcher

Depois do café e de caminhar pelo centro da cidade decidimos pegar o trem de volta para Lausanne, porém, paramos no meio do caminho, em Vevey.

Promenade Vevey

Promenade Vevey

Menor e menos conhecida que Montreux mas ainda assim muito charmosa. Caminhamos novamente ao longo do lago, passando em frente a estátua do Chaplin (outro morador ilustre) e da estátua que faz referência ao museu de alimentação.

Fim de tarde à beira do lago em Vevey

Fim de tarde à beira do lago em Vevey

Promenade Vevey

Promenade Vevey

Vevey

Vevey

Como última tentativa de encontrar a loja aberta, passamos na sede da Nestle. Mas mesmo ali, estava tudo fechado.

Sede Nestle em Vevey

Sede Nestle em Vevey

Voltamos para Lausanne depois de um dia incrível nesse circuito da Suíça Francesa. Além das cidades que conhecemos; as paisagens que podemos apreciar do trem complementaram o passeio. O fica para os terraços de vinhedos de Lavaux.

Vinhedos em Lavauz (myswitzerland.com)

Vinhedos em Lavauz (myswitzerland.com)

Tendo conhecido as cidades que estavam no nosso roteiro de forma tão prática e rápida tomamos a decisão de encaixar mais uma cidade, que no início não estava no planejado. Foi a primeira vez que algo do tipo aconteceu, na verdade subestimei a facilidade de deslocamento com o trem e superestimei o tamanho das cidades e as coisas para fazer em pleno feriado (muito poucas). Desta forma, olhando o copo meio-cheio decidimos que incluírimos mais uma cidade no nosso roteiro. A decisão não foi fácil, estávamos na dúvidas entre Interlaken e Berna, porém, como já iríamos a Zermatt esquiar achamos que Berna deixaria o passeio menos repetitivo. Interlaken ficou para a próxima.

2 comentários sobre “Nove dias entre a Suíça Francesa, Berna e Zermatt – Segundo dia: Montreux e Vevey

Deixe aqui seu comentário ou dúvida

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s