Compras em Buenos Aires

Na minha opinião Buenos Aires já foi um desbunde para compras. Tinha muita diversidade de produtos e os precinhos eram muito camaradas. Hoje já não é mais assim, ainda existe bastante diversidade porém é preciso garimpar um pouquinho e fazer pesquisa de preços para se ter certeza de que a compra é boa. Sugiro fazer uma listinha daquilo que você pretende comprar para ter uma base de comparação.

Bom, vamos às minhas minhas experiências com compras:

Comprei dermocosméticos com bons descontos na Farmácia Azul (na filial da Avenida de Mayo, 675). A Farmacity parece ser a queridinha de todos mas eu prefiro mais a Azul, é mais vazia, as atendentes são prestativas e acho que tem mais variedade.

Além dos descontos em si muitas farmácias possuem packs de alguns produtos que também tornam os preços atrativos, nessa linha compramos produtos dermocosméticos inclusive nas Galerias Pacífico. Pelo que pude observar os dermocosméticos custam em torno de 15 a 20% menos que no Brasil. Ex: água termal avene grande, lá custa o preço da média aqui.

Fachada Galerias Pacifico - Rua Florida

Fachada Galerias Pacifico – Rua Florida

Também vale a pena para shampoos (máscaras, etc.) de linhas como Kerastase, Alfparf , L’Oreal, etc. Estava meio por fora dos preços do Brasil, mas para dar um exemplo as máscaras de 500 ml da Kerastase, em plena Florida, custavam 750 pesos (250 reais nessa loja que tinha um cambio de 3 pesos para 1 real). Na volta ao Brasil observei que 200 ml custam na faixa dos 160 reais. As vezes o mais difícil é justamente encontrar essas lojas de produtos para cabelereiros, elas costumam ficar nas ruas perpendiculares à Florida. Na Florida em si são poucas, mas sempre vale entrar conferir o preço e se for em conta já comprar. Não faça como eu que no último dia estava desesperada querendo encontrar uma e nenhuma aparecia.

Para vinhos Argentinos é sempre bom. Comprei 6 vinhos no supermercado por aproximadamente 100 reais. Vinhos simples, na maioria Malbec (não eram reserva) para se consumir no dia-a-dia, duvido que gastasse isso no Brasil. Não pensei muito, entrei no supermercado Disco, escolhi 6 garrafas e no hotel embalei e coloquei na mala mesmo. Não tive problemas com a bagagem. Mas não recomendo fazer o mesmo. Tentei em vão descobrir com a Turkish quantas garrafas poderia levar e se havia um limite, a menina do check-in não soube informar e eu não quis insistir com medo de me perguntarem algo, afinal já tinha despachado a mala com as garrafinhas preciosas dentro.

Além desses artigos acho que perfumes e maquiagens são bem convenientes. Nos free-shops dos aeroportos, o free-shop da saída de Buenos Aires tem um tamanho bom e muitos artigos, os preços são melhores porém a Falabella, na rua Florida, tem bem mais variedade. A Falabella não trabalha com dólares, somente cartão ou pesos, nesse caso é mais conveniente fazer o cambio blue antes.

Para quem busca artigos de couro compensa ir até a Calle Murillo na Villa Crespo. Sugiro unir essa ida ao passeio pelos outlets do mesmo bairro, umas 9 quadras distantes da Calle Murillo. Não ficamos muito tempo pelos outlets e no sábado as lojas estavam bem cheias, recomendo ir em um dia de semana se possível. Fizemos boas compras na Timberland (Aguirre, 840), na Puma achamos que os estoques estavam meio baixos, na Cacharel gostei de algumas peças porém o tamanho P deles era grande pra mim.

Outlets Villa Crespo

Outlets Villa Crespo

Outlet da Puma na Villa Crespo

Outlet da Puma na Villa Crespo

Sugiro fazer uma listinha das lojas a visitar e levar um mapinha para tornar a tarefa mais fácil. As lojas são espalhadas por algumas quadras e como normalmente o tempo é curtinho um mapinha ajuda. Esse post é de excelente ajuda!

Lojas Calle Murillo

Lojas Calle Murillo

Uma última dica em relação à Villa Crespo é que os estoques não são muito grandes então pode ser difícil encontrar o modelo que você gostou no seu número. A boa notícia é que ajustam ou mesmo confecionam peças sob medida mas isso leva poucos dias. Assim, para quem vai buscando artigos de couro recomendo a visita logo no início da viagem.

No Recoleta Mall a Kitchen Company, uma rede de lojas espalhadas pelos principais shoppings chamou nossa atenção. Muito boa para artigos de cozinha e também para temperos desidratados como o chimichurri (ótimo para acompanhar carnes).

Kitchen Company no Recoleta Mall

Kitchen Company no Recoleta Mall

Depois disso acho que para demais coisas o ideal é procurar por peças descontados ou por aqueles artigos mais difíceis de encontrar no Brasil. Na Diesel do shopping Patio Bullrich, por exemplo, onde trocamos dólar a 9 pesos, compramos calças jeans com 30% de desconto. A Zara também tinha ótimos descontos e tem uma grande em plena Florida.

Interior Shopping Patio Bullrich - Na Recoleta

Interior Shopping Patio Bullrich – Na Recoleta

No mesmo shopping a Samsonite tinha artigos de couro de muita qualidade e que por serem produzidos na Argentina tinham direito ao tax-free. A própria Timberland é outra que fabrica alguns produtos por ali e não está sozinha, mesmo apesar de algumas empresas estarem abandonando a produção no país. Assim, sempre importante se informar sobre o tax-free.

Ah, os souvernirs foram comprados no Caminito.

Leia mais:

2 comentários sobre “Compras em Buenos Aires

Deixe aqui seu comentário ou dúvida

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s