Aosta – Onde a Itália tem cara de França

Com a páscoa chegando resolvi escrever sobre meu destino na páscoa do ano passado, o Valle d’Aosta. Meu destino final era a Estação de Esqui de Pila e no caminho passei pela cidade de Aosta, capital da região Valle d’Aosta. Como Aosta é um ponto de parada para quem vai à Pila acabei passando algumas horas na cidade.

A Região do Valle d’Aosta é a menor região da Itália e fica literalmente encravada entre os maiores Alpes Europeus.

Mapa Valle d'Aosta (wikipedia)

Mapa Valle d’Aosta (wikipedia)

Aosta não tem um aeroporto comercial, assim a forma mais fácil e econômica de chegar, é voando até Turim e de lá ir até Aosta de ônibus ou trem. Uma outra opção, melhor para quem parte do Brasil, é voar até Milão. Tanto de Turim quanto de Milão o acesso à Aosta pode ser feito por trens ou ônibus.

No meu caso voei com a Blu-Express de Roma à Turim. Recomendo a Blux-Express para esse trajeto, eles possuem muito voos e a preços conveninetes quando comprados com antecedência. Chegando no aeroporto de Turim peguei um ônibus da Sadem até a estação ferroviária de Torino Porta Susa e de lá outro ônibus da Savda até a cidade de Aosta. Precisei fazer isso porque por poucos minutos perdi o ônibus que faz o trajeto direto entre o aeroporto e a cidade de Aosta.

Importante: ao escrever esse post não econtrei mais as informações no site do aeroporto sobre a empresa que faz o trajeto direto e também fiquei sabendo que em 10.09.2012 a Savda suspendeu o serviço de ônibus de Turim mas continua com o de Milão. Como às vezes essas alterações não são definitivas deixo os links onde as informações foram encontradas aqui no blog.

Os trens, assim como ônibus, partem tanto de Torino Porta Nuova quanto de Porta Susa e o tempo de viagem leva em torno de 1 e 40 minutos. Optei pelo ônibus porque teria que esperar um pouco mais para pegar o trem, além disso o peguei em Porta Susa e não em Porta Nuova porque se tivesse que ir até, mais central, não conseguiria pegá-lo a tempo. Tanto os ônibus quanto os trens partem de Torino Porta Nuova e passam em Torino Porta Susa alguns minutos depois da partida. Na volta fiz o trajeto de trem e foi bastante tranquilo.

Aosta é uma cidade muito bonita, limpa e organizada. Uma cidade muito fofa onde a Itália tem jeito de França. A própria estação de trens é bem mais cuidada e limpa do que a maioria das cidades italianas.

Estação Ferroviária

Estação Ferroviária

Fiquei impressionada com o trem, muito moderno, novinho e limpo. Cheguei a pensar: até os trens são diferentes. Porém logo ao retornar dessa viagem, comecei a observar essa tipologia de trem em outras rotas.

Interior do Trem

Interior do Trem

Chegando em Aosta, para ir até Pila, basta caminhar ou pegar um taxi até a cabinovia. Tanto a estação ferroviária como a rodoviária, além de serem muito próximas entre sí, distam 1 quilômetro da cabinovia.

Estação Rodoviária

Estação Rodoviária

Como cheguei na metade do dia e não pretendia esquiar naquele dia, resolvi dedicar algumas horas para passear pela cidade. Foram momentos tranquilos e agradáveis.

Da rodoviária caminhei até a praça principal que dá na prefeitura, ou deveria dizer Hotel de Ville?

Centro Aosta - Hotel de Ville

Centro Aosta – Hotel de Ville

A cidade apesar de pequena, ou deveria dizer petit🙂 , é muito charmosinha. Toda emoldurada pela montanhas com seus cumes brancos.

Centro Aosta

Centro Aosta

Centro Aosta

Centro Aosta

Chama atenção a influência francesa por alí, a maioria das pessoas inclusive é bilíngue. Língua, nomes e comidas se fundem fazendo com que o lugar se torne especial.

Centro Aosta

Centro Aosta

Centro Aosta

Centro Aosta

Passei pelas ruas para pedestres do centro, parei para um almoço rápido e depois do almoço provei o melhor sorvete de canela da minha vida em uma gelateria um pouco fora do centro, chamada Pazzo di Bianchi. O que me fez escolher aquela gelateria foi a fila, o que prova uma coisa que já tinha comentado aqui no blog, na Itália, se tem fila pode confiar. A surpresa boa foi encontrar o sabor canela que não é muito trivial pela Itália e eu amo. Um parêntesis: gosto tanto de canela que fiz um amiga levar trident de canela do Brasil para a Itália.

Depois de passear pela parte mais central passei pelas ruínas da época romana. Aosta teve uma ocupação romana grande e devido aos inúmeros achados arqueológicos é conhecida como a Roma dos Alpes.

Parte do muro de época romana

Parte do muro de época romana

Antes de terminar o passeio fui no mercadão e supermercado e fiz um comprinhas básicas para levar para a estação. Nada como vinhos italianos com cara de francês com queijos fontina e de cabra para acompanhar.  Mammamia!!

Mercado

Mercado

Vinho local

Vinho local

A cabinovia que liga Pila à Aosta é tão prática que não passei por Aosta só naquele dia. Voltei em um outro para um passeio de fim de tarde e especialmente para que meu namorado provasse o tal sorvete de canela. Ele estava super a fim de provar depois da minha propaganda. 

O único problema da cabinovia é que ela tem hora para fechar, e fecha cedo, às 19, então, depois dessa hora só com o ônibus, taxi ou carro (para quem aluga). Subir de carro é tranquilo na primavera mas pode ser delicado no forte do inverno por causa da neve.

Aosta vista da Cabinovia

Aosta vista da Cabinovia

Optei por ficar hospedada na montanha, direto em Pila, como tinha pouco tempo queria aproveitar ao máximo. Porém hospedar-se em Aosta e esquiar em Pila me pareceu muito tranquilo. Como a estação é bem pequena, vou falar sobre ela em outro post, ficando em Aosta acho que se tem um pouco mais de acesso à restaurantes, serviços em geral e até mesmo a day-trips, de esqui ou não, nos arredores.

Aosta está muito próxima de Cormayer, são poucos quilometros até a estação de esqui mais gourmet da Itália. Também é próxima de Chamonix-Mont-Blanc, que se separa de Cormayer apenas pelo túnel do Montblanc, barbadinha para fazer um bate e volta e conhecer a cidade, já para esquiar são “outros cinquecentos”. Completa a oferta de passeio pelos arredores a estação de Cervínia, que é conectada à Zermatt e Valtournenche, formando uma área de esqui  de mais de 350 km de pistas, chamada o Matterhorn Ski Paradise.

Leia mais:

18 comentários sobre “Aosta – Onde a Itália tem cara de França

  1. Melissa disse:

    Olá Michele, adorei seu post.
    Eu estou planejando uma viagem para setembro. Vou sair de Torino de carro e pretendo fazer Vale da Aosta e Suíça. Como vou chegar no fim do dia em Torino (18:30hr), gostaria de uma dica de um lugar mais ou menos 1 hora de carro para dormir e aproveitar e conhecer no dia seguinte. Alguma sugestão?

    Curtir

    • planejandoaviagem disse:

      Olá Melissa, tudo bem? Imagino que irás sair de Torino em direção a Aosta e queira algo ha mais ou menos 1 hora de distância e no seu caminho correto?
      Se for isso tavez a melhor combinação seja Ivrea. De qualquer forma a propria Torino, apesar de ser capital, tem um tamanho bem pequeno e serve bem para um dia de viagem. Além disso ao redor de Turim tens Venaria Reale onde fica o Palácio de mesmo nome, uma das atrações mais visitadas da Italia. Também pode ser uma opção.
      Bom, era isso se precisar de mais sugestões ou se seu roteiro não for exatamente nessa ordem me avisa.
      Abraços!

      Curtir

  2. Regis Carvalho disse:

    Olá Michele, estou combinando uma viagem de Turim ate Coumayeur e no site da empresa de onibus so encontro passagens ate Aostra. Você teria alguma dica de como chegar ate la?
    Obrigado,
    Regis

    Curtir

      • Regis Carvalho disse:

        Oi Michele, tudo otimo! De fato esta empresa faz mesmo transporte ate Coumayeur passando por Aosta, eu fiz uma simulação colocando uma data mais recente da mimha viagem. Eu so espero que atenda para todos os dias da semana na data e aos meus horarios para minha data especifica. Eu ja tenho passagem de trem de Alta velocidade comprada na sequencia da mimha viagem e preciso cumprir com os horarios de volta e o tempo e bem curto. Obrigado pela dica!

        Curtir

      • planejandoaviagem disse:

        Olá Regis, fico contente! Espero que de tudo certo com as suas conexões e que aproveites muito Courmayer, está aí um destino de esqui que está na minha wish list😉
        Abbracci!!

        Curtir

  3. Nicole disse:

    Olá Michele,
    Você sabe me dizer a localização do Mercato Halles? ou de algum supermercado/mercado próximo ao centro histórico? Obrigada!🙂

    Curtir

    • planejandoaviagem disse:

      Olá Nicole, tudo bem?
      esse supermercado que fui e achei muito bom é do grupo Carrefour e fica na Via Bonifacio Festaz, 10. O Les Halles fica a poucos metros na Via Vevey com a Via Torino (continuação da Bonifacio Festaz).
      São todos no centro da cidade que é bem pequeno.
      Abraços,

      Curtir

  4. Antonella disse:

    Oi Celso. Estou tentando comprar as passagens de trem de Aosta para Venez . Nao consigui encontrar onde comprar pela internet. Voce sabe se e possivel comprar com antecedencia? Abraço e obrigada

    Curtir

    • planejandoaviagem disse:

      Olá Antonella, tudo bem? Meu nome é Michele e sou a autora do Blog. O Celso é um leitor que deixou um comentário. Acredito que ele possa te responder também contudo, vou dar meu pitaco🙂
      Para comprares os bilhetes você pode usar os sites da Trenitalia (trenitalia.it) ou da Italo (italotreno.it). Em ambos você encontrará as passagens em trens de alta velocidade de Turim ou Milão à Veneza.
      Para ir de Aosta à Turim ou Milão você pode deixar para comprar na hora mesmo pois são trens chamados regionais que não possuem lugar marcado e inclusive pode-se ir em pé.Só não deixe para comprar esses ultimos em cima da hora do trem porque pode haver fila na estação. Recomendo sempre comprar assim que possível ao chegar no local. No menu “Trens na Italia” aqui do blog você encontra posts sobre as empresas e inclusive um guia de como comprar na Trenitalia. Abraços

      Curtir

  5. Mariana disse:

    Olá! Gostaria de tirar uma pequena dúvida com você. Chegarei em Aosta vindo de onibus de Chamonix, e percebi que tenho pouquissimo tempo para pegar o trem para la Spezia. Você diz que a estação de onibus é bem próxima da estação de trens, saberia me dizer quanto tempo daria de caminhada? O tempo realmente está justo!

    Agradeço desde já!!

    Beijos

    Curtir

    • planejandoaviagem disse:

      Ola Mariana, uma é ao lado da outra. Porém chegando na estação ferroviária tens que comprar e convalidar o bilhete e achar o binário (plataforma).
      Isso leva um tempinho se não estiveres familiarizada com os procedimentos porque existem poucos funcionários nas estações e nem sempre agente acha algum italiano prestativo.
      Calculo uns 20 minutos, sem distrações, para fazeres tudo. Mata minha curiosidade, quanto tempo terás?
      Abraços,

      Curtir

  6. Georges Garcia disse:

    Vou a Milão em Maio 2014. Nesta época tem neve na região de Aosta? Vale a pena esticar até Chamonix? Seria de carro, um bate e volta no mesmo dia. Grazie.

    Curtir

    • planejandoaviagem disse:

      Oi Georges, tudo bem? Em Aosta acho difícil já em Chamonix, como tem um glaciar, tem neve congelada o ano todo em Aiguille du Midi. Pode ser um passeio legal ir até lá conhece a cidade e o teleférico no entanto não se esqueças que estará na Europa em plena primavera, um período ótimo (apesar de mais cheio) para visitar as cidades europeias. Abraços.

      Curtir

  7. Celso Rubens disse:

    Moro em Milano , Aosta e um região maravilhosa, acesso fácil para vir para cá, com detalhe françes, linda, limpa, ótimos restaurantes, um ponto para conferir…

    Curtir

    • planejandoaviagem disse:

      Oi Celso, que lega que gostaste de Aostal Deve ser ótimo morar em Milão e ainda pode curtir todas as estacoes de esqui próximas (e não só isso claro) da região. Obrigada pela visita e comentário. Se quiseres deixar alguma dica fique à vontade. Abbracci!

      Curtir

Deixe aqui seu comentário ou dúvida

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s