A Análise do Planejamento da Viagem à Turquia

Seguindo com as dicas sobre roteiro de viagem pela Turquia, nesse post prentendo fazer uma análise rápida do planejamento que fiz antes de viajar, o qual postei nesse link aqui. Para facilitar vou usar o esqueleto do post anterior para registrar minhas impressões sobre as dicas que tinha dado anteriormente.

O voo de Roma à Istambul…

O voo foi ótimo! Depois de quase dois anos em Roma ainda não tinha voado em uma companhia que não fosse low-cost e o excelente serviço de bordo, o espaço da aeronave, os jornais à disposição dos clientes, o silêncio  e os aeroportos próximos me fizeram sentir até mimada. Até o pernoite no aeroporto de Marselha não foi tão chatinho e depois quero contar aqui com mais detalhes  minha experiência no Etap do aeroporto de Marselha.

Os voos internos…

Voei com a Turkish e com a Pegasus e correu tudo bem e sem inconvenientes. O serviço de bordo da Turkish também é muito bom aliás páreo duro com a AirFrance.

Os aeroportos também são bons. O Ataturk de Istambul é muito grande e com uma área de free shop imensa. Sabiha Gokcen é realmente distante parece que não vai se chegar nunca foram 55 minutos intermináveis de transfer e a velocidade que nosso motorista andava era muito muito alta beirando o  irresponsável. Indo até lá é que se tem noção do tamanho da cidade, muito muito grande. Já o aeroporto, é bem menor do que eu esperava. O de Izmir também é bom pena a distância de Kusadasi, 90 km e 1 hora e 15 minutos de transfer. O de Bodrum pequeno mas à a altura da cidade, o de Kayseri muito pequeno, distante uma hora de Goreme mas muito funcional.

 O Roteiro…

Analisando melhor o roteiro que fiz achei que o tempo em Istambul ficou de bom tamanho, curtimos tudo que queríamos com bastante tranquilidade. Aquilo que não fizemos foi mais por opção do que por falta de tempo.

Em relação a Bodrum/Gumbet achei que os três dias/duas noites serviram bem para conhecer essas cidadezinhas porém não para fazer os passeios pela região. Hoje teria dedicado mais 2 dias a esse lugar. Bodrum é muito charmosinha e os passeios pelos ilhas gregas enchem os olhos.

O tempo em Kusadasi poderia ser reduzido de 4 para 3 noites porém no final foi bom porque no primeiro dia perdemos tempo com o deslocamento e com um inconveniente que nos forçou a trocar de hotel. Viajar desempacotado tem dessas coisas você não tem a garantia da qualidade e às vezes tem que despender um tempo para consertar uma escolha mal feita. Para completar o passeio até Pamukkale é bem cansativo então ter o último dia para curtir uma prainha foi bom ainda mais considerando que iríamos para a Capadócia em um voo às 6 da manhã do outro dia e que para isso teríamos que sair do hotel às 3:30 da matina. Ah, importante! Subestimei Kusadasi a cidade é bem grandinha e não um lugar bucólico como Bodrum.

A Região do Porto em Kusadasi

Para a Capadócia 3 dias e 2 noites achei que foram suficientes para conhecer as principais atrações no entanto se você é amante do ecoturismo provavelmente precisará de mais dias. Também acho que ali a época em que se vai acaba ditando o tempo de estadia já que fazer trilhas com um calor de quase 40 graus não é a coisa mais agradável do mundo.

Para fechar teve a última noite em Istambul, que quando fiz o planejamento queria ter deixado para a Capadócia, que foi ótima. Dormimos tranquilamente e pegamos o avião com toda a calma o que não teria acontecido caso tivéssemos optado em retornar da Capadócia no mesmo dia. Aqui o mérito também foi do Ibis Aeroporto sobre o qual comentarei mais adiante e em outro post.

Os traslados…

Quase tudo como planejado, os que sairam do planejado superaram a expectativa. Em Istambul a chegada do aeroporto de Atatuk até o hotel em Sultanahmet com a solução metro + tram foi tranquila. O detalhe aqui é que é preciso um bilhete (jeton) para cada meio de transporte pois o bilhete não é integrado. A saída de Istambul para Bodrum, via aeroporto de Sabiha Gokcen, não foi feita com os ônibus que saem da Taksim porque além de ter que pegar o tram e depois o funicular levando as malas mesmo que pequenas, os horários deles não eram tão convenientes e a viagem levaria quase 2 horas. Optamos por um transfer privado que nos custou 10 euros por pessoa, quase o mesmo preço do ônibus se a essa soma adicionássemos o transporte público, e que faria o trajeto em um tempo menor. Contratamos o transfer em uma agência em Sultanahmet.

Do aeroporto de Bodrum até a cidade fomos com o próprio ônibus da Pegasus. E da estação de ônibus de Bodrum pegamos o minibus para Gumbet.

O traslado de Kusadasi para o aeroporto de Izmir foi a grande surpresa. Depois de ter procurado muito na internet e não ter encontrado nada acabei descobrindo que assim como na Capadócia a Pegasus tinha um contrato de prestação de serviços de transporte com uma agência local que fica na estação de ônibus de Kusadasi. A agência, chamada Last Minute Travel, faz o trajeto em 1 hora e 30 minutos com um custo de 20 liras turcas a pessoa. Como nosso voo era cedo pegamos um taxi do nosso hotel até a estação de ônibus, o que às 3 horas e 30 minutos da madruga nos custou 15 liras. Senão fosse isso o taxi seria a única opção com um custo é fixo de 50 euros. Ah, procuramos em várias agências por transfer e não encontramos nada. O mérito de ter encontrado a Last Minute Travel foi do atendente do nosso hotel que nos indicou um agência parceira da AndalouJet que nos indicou a Last Minute. Estranho parece que não querem disseminar a informação.

Na Capadócia o traslado de Goreme até o aeroporto de Kayseri, tanto na ida quanto na volta, levou 1 hora e em ambos os casos foi super tranquilo e dentro do previsto. No entanto deixo meu elogio à PeerLess que nos recebeu com uma pequena camionete para poucas pessoas que era um luxo.

O transfer da Peerless

Os ônibus e minivans…

Como já tinha lido o serviço e pelo que pude experienciar o serviço de ônibus intermunicipal na Turquia é realmente digno de elogios. Fui de Bodrum para Kusadasi e de Kusadasi até Pamukkale e não tive do que reclamar. Os ônibus possuem serviço de bordo, display pessoal de entretenimento, wireless gratuito, são novos e modernos. A única coisa que pega e exige um certo planejamento é a falta de banheiro porém por outro lado aquele cheirinho desagradável não existe por lá.

Ônibus de Bodrum à Kusadasi

O transporte público municipal e entre pequenas cidade é feito por mini ônibus que mais parecem umas kombis, aliás, acho que são…rs. Eles são perfeitos os usei em Bodrum, Gumbet e Kusadasi, inclusive para ir até Éfeso, e em nenhum momento em que precisei deles esperei mais de 3 minutos. Além disso é impressionante a cobertura do serviço que em Kusadasi funciona das 5 da manhã à 02 da madrugada e entre Bodrum e Gumbet é praticamente 24 horas.

Minivan entre Bodrum e Kusadasi

Interior da Kombi

Os hotéis…

Gostei de quase todos os hotéis da viagem e pretendo postar sobre eles com mais detalhes. No entanto para dar um panorama posso dizer que:

– os de Istambul, o Hotel Sapphire, em Sultanahmet e o Ibis Aeroporto, que não é tão aeroporto assim, superaram minhas expectativas;

– o de Bodrum/Gumbet, o Club Vela Hotel, e o da Capadócia/Goreme, o Katpatuka Cave, ficaram dentro do esperado;

– o Sezgin Hotel em Kusadasi foi uma das minhas maiores dores de cabeça dos últimos tempos. Ainda bem que Surtel Hotel nos acolheu bem e ainda por cima pelo mesmo preço.

Entretenimento…

O resultado final dessa viagem foi uma Turquia praticamente 100% por conta própria. A ida até Éfeso foi muito fácil já Pamukkale foi um pouco perengue em função da distância mas valeu cada minuto porque o lugar é mágico. O passeio de balão com a Urgup balões a um custo de 90 euros foi meu presente de aniversário atrasado e o Ramadã não atrapalhou em nada, pelo contrário, ajudou a realçar o clima de festa no cair da noite em todas esses lugares.

Bom, esse foi um apanhado geral, nos próximos posts vou detalhar um pouco mais os lugares por onde passei com aquelas pequenas informações que gostaria de ter tido antes de ir.

Leia mais:

Anúncios

23 comentários sobre “A Análise do Planejamento da Viagem à Turquia

  1. leolac037Leonardo disse:

    Oi Michelli, muito bom seu blog. As dicas estão muito bem organizadas

    Estou pensando em um roteiro bastante parecido com o seu. Sei que está longe, mas ja estou com passagens emitidas para a Turquia em setembro do ano que vem. Gosto de fazer minhas viagens por conta própria e já estou montando o roteiro. Gostaria de saber sua opinião sobre a viabilidade:
    07/set – chegada a Istambul
    08/set – vôo Istambul-Izmir com chegada prevista para 9h. Aluguel de carro e ida a Pergamon e pernoite em Kusadasi.
    09/set – Kusadasi – Selçuk (Éfesos) – Kusadasi
    10/set- Kusadasi – Bodrum
    11/set – Bodrum (com passeio à ilha grega de Kos)
    12/set – Bodrum – Pamukkale. Pernoite em Denizli
    13/set – De Denizli ao aeroporto de Antalia (200 km). Devolução do carro. Vôo Antália-Nevsehir (17:00-18:05). Pernoite em Goreme
    14/set – Goreme
    15/set – Goreme
    16/set- Voo Nevsehir-Istambul
    17/set – Istambul
    18/set – Istambul
    19/set – Istambul
    20/set – Istambul
    21/set – Voo de volta partindo de Istambul.

    O que me diz?

    Obs-
    1) Pq pernoitar em Denizli? Pq andar 200 km para deve Antalia se há vôo saindo de Denizli?
    Montei assim basicamente pq não achei voos diretos de Denizli a Nevsehir ou Kayseri. Sendo assim, acho que é melhor rodar 200 km de carro do que pegar mais um voo de conexão.
    E ai, tendo que ir a Antália, Denizli seria a metade do meu caminho entre Bodum e Antalia, o que serviria para quebrar a viagem.

    Curtir

    • planejandoaviagem disse:

      Olá Leo, tudo bem?

      Fico feliz que tenhas gostado do blog e das informações sobre essa trip para a Turquia. Realmente são posts que estão bem detalhados e espero ter de alguma forma contribuído para seu planejamento. Sempre bom planejar com antencedência, com certeza irás conseguir excelentes custo x beneficio nos hotéis e passagens.

      Bom, vamos aos seus pontos. Acho excelente que você comece a viagem por Kusadasi/Bodrum. No início de setembro pegerás um tempo melhor e irás conseguir aproveitar essas regiões praianas. Achei interessante que irás à Pergamon, se gostares depois me diz o que achaste. Eu infelizmente não fui. Me parece tranquilo ir até lá a partir de Izmir. Fiz o inverso Kusadasi-Izmir e Bodrum-Kusadasi de ônibus no alto do verão, de ônibus, e ambas as viagens foram tranquilas, estradas muito boas, com pouco movimento e bem sinalizadas.

      Tenho um pouco de receio em relação a Kos no momento (queria ter feito esse passeio quando fui!) devido a questão dos refugiados sírios.
      Como não sabemos como a situação estará em set/2016, recomendo atenção a esse ponto.

      Gostei da ideia de utilizares do aeroporto de Antalia. O legal é que você vai poder passar umas horas no lugar pois o voo é à tardinha.
      Está aí outro lugar que ficou na minha whish list 😦 Você acha muito cansativo encarar o pernoite lá ou invés de Denizli que é bem sem graça? Dessa forma aproveitaria mais o lugar.

      Só não entendi a questão do voo com conexão pois de Izmir você consegue voos diretos para a Capadocia. A questão aqui acho que é a data/aeropoto, foi o mesmo problema que tive. Pelo que vi no dia 12 e 14 existe um voo da Turkish que sai as 20:35 de Izmir para Nevsehir. No 13 tem um da Pegasus as 07:00, acho que foi justamente o que peguei. De qq forma essa sua opção me parece melhor pois pemite conhecer Antalia e ainda chegar no coração da Capadocia, direto em Nevsehir.

      Em relação ao tempo em Goreme (3 noites) e Istambul (5 noites), considero bom. Os demais dias ficarão mais corridos mas acho que faz parte.
      Para se hospedar na Capadocia recomendo Goreme e em Bodrum não recomendo Gumbet 😉 no entanto, se quiser ir até lá em uma das noites pode ser bem animado.

      Vi seu blog e post sobre a Alsácia. Parabéns! Também adoro vinhos!
      Tomei bons vinhos no mercado em Kusadasi, acompanhando ótimos peixes frescos. Acho que irão gostar. Em Gumbet também fui a um restaurante que tinha uma boa oferta.

      Bom, se precisares de algo mais é só escrever :0
      Abraços e BOM PLANEJAMENTO!

      Curtir

      • leolac037 disse:

        Michelli,

        muito obrigado por suas sugestões. Vou analisar algumas mudanças no meu plano.

        Não pensei na questão dos refugiados em Kos. Como ainda tenho tempo até a viagem, vou acompanhando para ver se até lá a situação melhora. Posso pensar num plano B.

        Não sabia que Denizli era sem graça. Vou tentar me programar para usar esse dia em Antália, como sugeriu.

        Obrigado também pela dica sobre o mercado de Kusadasi.

        Fico satisfeito que tenho gostado do meu blog. Aproveita e leia o relato de nossa última para o Piemonte, na Itália. Um destino perfeito para quem gosta de vinhos. Espero que goste.

        https://vinhagem.wordpress.com/2015/12/14/piemonte-barolos-barbarescos-tartuffo-bianco-e-muito-mais/

        Abraços!

        Curtir

  2. Jamil disse:

    Parabéns pelas dicas Michelli , estarei indo no final de julho para a Turquia , e ficarei 10 dias , estava pensando em acertar com uma empresa de turismo , mas o roteiro que quero fazer está meio dificil de achar , e agora vendo suas dicas acho que vou fazer mesmo por conta , o unico problema é que não falo inglês , e eu estou querendo fazer 3 dias de Istambul , 2 Capadocia , 4 de Bodrum e mais 1 de Istambul no final , acho que vou fazer assim , o que vc me sugeri ?

    Curtir

    • planejandoaviagem disse:

      Olá Jamil, tudo bem? Eu acho que está de bom tamanho. Seu roteiro (tirando Kusadasi) está bem parecido com o meu.
      Aqui no blog as indicações estão bem mastigadinhas. Você pode reservar os aéreos, hotéis, traslados e também o seguro do Brasil direto do Brasil, assim faz com calma e com a certeza de que está tudo sob controle. Se ficares com receio por causa do inglês podes optar por contratar os principais passeios também e deixar apenas alguns dias para “se virar sozinho”.
      Não vais a Pamukkale?
      Abraços,

      Curtir

  3. Carlos disse:

    Michelli, muito boa suas dicas. Estou lendo vários blogs e fico bastante confuso com essa questão de ir de um lugar ao outro, de avião, traslados, quantos dias ficar e hoteis e você explicou tudo muito bem. É bem possível que use muito das duas dicas. Mas acho que não vou tirar Antalya do meu roteiro não. Bjs e obrigado!

    Curtir

Deixe aqui seu comentário ou dúvida

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s