O Planejamento da Viagem para Buenos Aires

No post anterior escrevi sobre como faço meus planejamentos de viagem com a ajuda do excel. Nele utilizei imagens de minha planilha com o planejamento da viagem para Buenos Aires para demonstrar visualmente meu planejamento. Nesse post vou falar especificamente sobre o planejamento da minha viagem para Buenos Aires. Irei seguir o molde de um post onde escrevi sobre o planejamento para a Turquia e sobre o qual recebi bons feedbacks. A diferença deste post para o da Turquia é que como estou postando depois de ter viajado, vou colocar uma pequena análise sobre cada item planejado logo após cada tipo de despesa (no caso da Turquia fiz um post sobre o planejamento antes de viajar e um outro com a análise ao voltar).

Nessa viagem, diferentemente da esmagadora maioria, eu e meu namorado embarcamos com um casal de tios dele que estavam voando e saindo do país pela primeira vez. Assim a presença deles balizou muitas das nossas decisões pois nosso objetivo principal era de levá-los para conhecer Buenos Aires (eu já tinha estado em Buenos Aires em outras duas ocasiões e ele em uma outra). Eles, como todo marinheiro de primeira viagem, tinham receio da viagem de avião enquanto nós, gatos escaldados que adoram viajar e fazem muita propaganda dos destinos por onde passam, queríamos que eles tivessem a melhor experiência possível.

Transporte/O Voo Internacional – O Planejado

Ao identificarmos a possibilidade de fazer essa viagem a preços competitivos, a partir de São Paulo, com companhias como Turkish e Qatar não pensamos duas vezes. Como são voos que fazem escala no Brasil para irem à Buenos Aires eles voam com aeronaves maiores e nesse tipo de aeronave o voo seria muito mais confortável.

Entre as duas ficamos com a primeira. O horário do vôo de volta, muito tarde, é um ponto negativo em ambas porém a favor da Turkish contou o custo, a parceria com a Star Alliance e o serviço (tínhamos voado com a eles  recentemente na Turquia e gostamos). Comprei as passagens direto no site da empresa porém a compra pode ser feita através de agências de turismo no Brasil. Fazendo assim é possível inclusive parcelar a compra.

Interior avião da Turkish

Interior avião da Turkish

Transporte/O Voo Internacional – A Análise

As viagens foram boas, apesar dos voos serem feitos com aeronaves distintas. O serviço de bordo foi bom mas quando comparado com o da Turquia deixou a desejar. Alguns comissários meio irritadiços e poucos, aliás não ouvi nenhum, falavam outras línguas além do inglês e turco. O grande inconveniente é o horário do voo de volta, chegamos em Guarulhos muito tarde (para piorar o voo atrasou 1 hora) ainda com planos de fazer free-shop e com carro deixado em estacionamento. Fomos chegar em casa por volta das 5 da manhã. Bastante cansativo, acaba que é necessário um dia para se recuperar da volta🙂

Ponto na minha opinião para o aeroporto de Ezeiza, melhorou muito desde a última vez em que estive em 2008. Na sequência pretendo postar os detalhes do voo assim ficará mais fácil aos leitores decidirem qual Cia. aérea utilizar em uma viagem futura.

Aeroporto de Ezeiza

Aeroporto de Ezeiza

Transporte/Traslados – O Planejado

Avaliamos 4 opções de traslado. O shuttle da Tienda Leon, um transfer privado, o táxi do próprio Ezeiza e a quarta, também um transfer privado, porém de um taxista conhecido entre os leitores do VnV, blog de onde peguei a dica. Ah, já fiz esse trajeto na minha primeira ida em ônibus de linha e não recomendo.

Descartei a Tienda Leon logo de início porque além de ficar mais caro tem o inconveniente ir somente até o Puerto Madero (ainda teríamos que pegar um táxi até o hotel). Se estivesse sozinha teria utilizado essa opção porém em mais de 2 pessoas o táxi/transfer começa a baratear e é muito mais cômodo. O primeiro transfer foi cotado 110 dólares – desde que fizéssemos ida e volta – para quatro pessoas com as malas, já o Taxi Ezeiza cobrou um pouco menos, com a mesma condição de ida e volta, porém não garantia as 4 pessoas com as malas – 2 grandes e 2 médias – no mesmo taxi. Estava pensado em reservar com o Taxi Ezeiza, mas estava receosa, não queria correr o risco de ter que me incomodar com taxistas para que não fossemos em táxis separados, foi aí que veio a dica dos leitores do VnV do Marcelo Bautista. Ele me deu certeza de que o táxi levaria até 4 pessoas e malas por 75 reais o trecho. Optamos por ele.

Além do traslado de Buenos Aires planejamos também o traslado de São Paulo para o aeroporto de Guarulhos. Como essa foi nossa primeira viagem internacional por Guarulhos depois de quase 3 anos optamos por deixar o carro em um dos inúmeros estacionamentos que se proliferaram nos arredores do aeroporto nos últimos anos. Escolhemos o EconoPark.

Transporte/Traslados – A Análise

O Marcelo e seus colaboradores foram super solícitos. Tudo contratado por email e com um atendimento muito ágil, inclusive a resposta aos emails enviados do hotel em Buenos Aires. Ele também trocou dólares no câmbio blue (paralelo deles) que é muito conveniente mas que não deve ser feito com desconhecidos com o risco de receber notas falsas. Além de anteciparem a corrida de volta ao aeroporto foram ao hotel em duas ocasiões para trocar dólar por pesos.

Não gostamos muito do EconoPark . Eles fazem propaganda das vagas cobertas porém elas são poucas e não estavam livres quando chegamos. A localização não ajuda, foi difícil encontrar e as informações passadas pela atendente nos confundiram, estavam erradas. A van deles é demorada, esperamos 20 minutos na saída e mais de 40 na chegada. O estacionamento tem umas partes bem ruins, onde estacionamos tinham buracos, praticamente no meio do mato.  Porém, fico pensando se não é o preço, pagamos barato, cada diária nos custou 12 reais. Para seis dias foram 72 reais ida e volta ao aeroporto para 4 pessoas. Na próxima (daqui a alguns dias vamos curtir uma Settimana Bianca no Chile) vamos testar um outro que cobre o mesmo valor para ver como será a experiência, depois volto para contar.

O Hotel – O Planejado

Essa foi a escolha mais simples, repetimos o já conhecido Hotel Ibis Plaza Del Congresso. Já tínhamos nos hospedado nele e achado que a localização era boa, sem falar do custo benefício e do padrão Ibis. O pessoal que viajava conosco também é cliente frequente então achamos que se tivessem uma real expectativa do que esperar não teriam grandes decepções.

Palácio del Congreso  na Plaza del Congreso

Palácio del Congreso na Plaza del Congreso

O Hotel – A Análise

Não tivemos problemas apenas achamos que o serviço decaiu de qualidade. O atendimento do balcão variava muito de acordo com o atendente, o congestionamento nos elevadores pela parte da manhã era chatinho, faltavam itens de informação ao turista como mapas da cidade e do metro e o cuidado com as toalhas de banho era na verdade um descuido. Na próxima vez tenho certeza de que não optaremos por ele de olhos tão fechados.

De qualquer forma ainda acho a localização boa; se caminha até o centro e é próximo do Puerto Madero e do metro o que torna fácil o acesso ao bairros mais distante em uma combinação metro+taxi.

Em um quarta ida talvez opte por ficar em Palermo Soho ou Hollywood, acho que ficando ali, próximo ao metro, também é possível aproveitar muito da cidade. O difícil nesses bairros me parece ser encontrar acomodações econômicas por isso o meu “talvez”.

Transporte/Transporte Público (metro) e Taxi – O Planejado

Planejei o roteiro com uma combinação de metro+taxi: o primeiro dia previa caminhar pelo centro e ir à noite até o Puerto Madero de taxi, o segundo previa ida e volta a Recoleta em taxi e taxi para ir até um restaurante à noite. Já o terceiro previa ir até a Villa Crespo de metro, usar o taxi ou caminhar até Palermo Soho e Hollywood e voltar de taxi após o jantar. O quarto previa ida a La Boca em taxi, de lá um taxi até San Telmo e depois metro até Belgrano, voltando de taxi.

Transporte / Transporte Público (metro) e Taxi – A Análise

Mudamos muito pouco o roteiro original mas utilizamos mais e mais vezes o taxi do que previ. Mesmo assim, ficamos dentro do planejado, 15 reais por cabeça por dia com taxi+metro. O que contou a nosso favor foi o fato de estarmos em 4 pessoas e do taxi em Buenos Aires ser econômico. Seguem alguns preços de corridas (sempre com a origem Plaza del Congreso -Centro: até o Puerto Madero, 30 pesos, até La Boca, 45 pesos, até Belgrano, 70 pesos, até Villa Crespo, 55 pesos, até a Recoleta, 40 pesos. Todas as corridas citadas foram em bandeira 1 em julho de 2013.

Estação do metro

Estação do metro

Andar de metro é tranquilo, são poucas linhas, é fácil de se orientar e, ao menos os trens que pegamos, eram novos. Mais um ponto para Buenos Aires, achei que a cidade se modernizou bastante.

A experiência com os taxistas também foi boa, todos muito educados e politizados. O mais chatinho é que alguns carros são pequenos e para quatro pessoas ficava um tanto apertado. Também achei os carros bem mais modernos do que em 2008, acho que teve uma boa renovação da frota de lá para cá.

Dinheiro – O Planejado e A Análise

Optamos por levar dólares e trocar por pesos para as despesas básicas, além de utilizar o cartão de crédito e a possibilidade de saque no débito.

O bom foi que levamos mais dólares do que calculamos como o necessário. Utilizamos muito pouco o cartão pois com a cotação atual do dólar no Brasil, + IOF, o cambio blue se tornou  muito conveniente. Já sabia disso, estava acompanhando as cotações pelo La Nacion, porém não esperava tanto, chegamos a trocar dólar a 9 pesos em algumas lojas. Com o Marcelo (do taxi/transfer) trocamos a 7,2.

Outras coisas

É importante fazer um checklist da documentação a ser levada. É possível entrar com passaporte ou identidade. O passaporte deve estar válido e a identidade deve estar em boas condições (não pode ser muito antiga ou estar danificada). Carteira de motorista não é válida para entrada no país.

Outro item importante é um seguro de viagem. No meu caso optei por utilizar o seguro do meu cartão de crédito. Sempre importante verificar se o seu cartão possui o seguro e qual a cobertura antes de fazer a compra da passagem ou pagamento das taxas (com uso de milhas).

Não precisamos acionar o seguro mas uma das pessoas que viajava com a gente estava com a identidade bastante antiga, ainda bem que ele tinha levado o passaporte “just in case”.

Entretenimento (Roteiro de 5 dias em Buenos Aires), Restaurantes e Compras

Para não alongar demais esse post irei escrever sobre o planejamento do entretenimento, sobre restaurantes e compras em posts separados. Não deixe de conferir!

Leia mais:

23 comentários sobre “O Planejamento da Viagem para Buenos Aires

  1. Mariana Lagoeiro disse:

    Olá. Gostaria de saber se 5 dias de estadia são bons, são o suficiente para conhecer os principais pontos turísticos.? Você saberia me informa qual seria o Zoo, que podemos ter contato com os animais e o valor.? Como funciona para ter contato com o taxi citado na suas dicas.?

    Obrigada.

    Mariana Lagoeiro

    Curtir

    • Joao Rodrigues Silva Neto disse:

      Estive em B A recentemente e fiz contato com o o Marcelo Bautista através de Email, que mandou dois funcionários receberem as pessoas no Aeroporto de Ezeiza, aparentemente tem acordo ou é dono de táxis. Paguei 75 Reais pelo deslocamento até o centro, aproximadamente o que cobra o táxi oficial.Ele também troca reais ou dólares por pesos, a cotação era boa, 4,5 por 1, então fiz todas as trocas com ele. Inclusive depois, ele foi duas vezes na porta do meu hotel e levou o dinheiro. Táxi é muito barato em B A, existem muitos e a maioria das corridas fica em menos de 100 Pesos, eu levava sempre notas pequenas devido a denúncia e não tive problemas. A volta foi pelo aeroporto Aeroparque e fiz em táxi comum, que me custou menos de 45 pesos, portanto 10 Reais. As atrações são muitas e cinco dias não dá, tem de Priorizar, veja o site do ônibus de turismo http://www.buenosairesbus.com/pt/ , que lista mais de 30 paradas, só com ele vc precisará de dois dias seguidos. Fui enganado pelo pessoal do ônibus, que me cobrou 50 pesos a mais referente a um cartão de desconto que eu disse não querer e não me deu o tal cartão. Sugiro entrar no ônibus em uma das paradas menos a inicial e não aceitar o tal Cartão.Dê uma olhada e escolha seus locais preferidos e liste o que vai querer ir, assim consegue ver o mais importantes. Tango Barato vá ao Café Torttoni, Uma hora , apresentação simples, mas boa. O frio está demais, quem sente muito pode levar blusas, cachecóis e luvas, ou compre no Caminito, onde há coisas simples e baratas. Disque no Google e veja várias dicas de pessoas que já foram. Pegue um mapa do centro no hotel ou no aeroporto. Veja as distâncias no google maps.

      Curtir

      • planejandoaviagem disse:

        Oi João, obrigada pelo seu relato. Sempre muito importante ouvir a opinião dos leitores. Realmente com 5 dias tem que priorizar mas o bom de deixar algo para ainda ser visto é ser uma desculpa para voltar🙂
        Grande abraço!

        Curtir

  2. Gease Oliveira disse:

    Boa Noite, minha querida, tudo bem!
    Estou organizando uma viagem a Itália no mês de Setembro.
    Você poderia me enviar a sua planilha para que eu possa me organizar direito.
    Referente as dicas, vou dar uma olhada no blog.
    Beijos
    Muito boa as dicas

    Curtir

  3. carla disse:

    Eu e meu marido acabamos de voltar de buenos aires onde passamos 14 dias e como já fomos 3 vezes para lá e esta foi a melhor de todas, gostaria de deixar alguma dicas para quem está indo.
    Como nas vezes anteriores ficamos em hotel, desta vez preferimos alugar um apartamento pelo site Airbnb. Gostamos muito mais! Tivemos a experiência de morar um pouco na cidade e pagamos R$1.500,00 pela estadia toda num apartamento muito lindo e muito bem localizado em Palermo Soho. O prédio tinha porteiro 24hs, academia, piscina, sauna e lavanderia.

    Seguindo a dica do site, nós contratamos os serviços de transfer do Marcelo Bautista e não podia ter sido melhor. Os motoristas foram extremamente pontuais tanto na ida como na volta. Foram super educados e nos ajudaram com as malas. Fiz o cambio com o próprio Marcelo que levou o dinheiro em meu apartamento no horário marcado e ainda fez questão que eu conferisse todas as notas com a canetinha. Trocamos 2 vezes. Primeiro US$2.000,00 e depois no meio da viagem mais US$1.500,00. Não tivemos problemas com nenhuma nota. O Marcelo é super simpático e amigável. Ele nos deu diversas dicas de restaurantes e ainda nos levou de cortesia no melhor restaurante coreano que já fui em minha vida. No final do jantar, como ele não poderia nos levar de volta, chamou um taxi para nós e ainda pagou!

    Uma dica para quem gosta de comer bem é o Restaurante El Baqueano. Restaurante de cozinha autóctona contemporânea. Foi a melhor refeição que fiz em BUA. Outra dica é o restaurante Bernata de comida com influência espanhola. Ambiente lindo com comidas e drinks incríveis.

    Agora um alerta! Nunca, mas NUNCA vá ao restaurante Lelê de Troya. Foi terrível!!! Comida cara que chega fria na mesa, atendimento péssimo, limonada intragável, pratos sujos e tive uma baita intoxicação alimentar que estragou 2 dias da minha viagem.

    Curtir

  4. jefferson marques disse:

    Boa noite! Vou para buenos Aires dia 8 de maio e vou voltar dia 12, ainda estou indeciso em qual hotel ficar. Vou com minha esposa e com um casal de amigos. Estamos em busca de um hotel bom porém não tão caro já que pretendemos sair na manhã tarde e noite. Me sugere algum ? Acha melhor eu agendar aki do Brasil ou quando chegar na argentina? Desculpa o não tão cari para mim seria diária menos que 100 reais. Queremos conhecer as melhores carnes vermelhas da argentina, porém ja tive conselhos que alguns restaurantes são tão caro conhecido e não é tão bom quanto um mais simples. Temos um perfil de suburbano carioca que gosta de comer bem (principalmente churrasco) mas não com tanto requinte. Nao gostamos de vinhos adoramos chopp e cerveja. O que vc me aconselha??

    Grato desde já pela ajuda.

    Curtir

  5. Sandrinha disse:

    Ola! Estou fechando um pacote de viagem para Buenos Aires e gostaria de saber em média quando de dinheiro é preciso levar para gastar com alimentação, transporte e algumas atraçoes, pois nao estao incluidos no pacote.

    Aguardo resposta.
    Obrigada.

    Curtir

    • planejandoaviagem disse:

      Ola Sandra,
      em relação a alimentação e transporte varia muito de pessoa para pessoa e suas escolhas como quantidade de refeições rápidas/leves, tipos de restaurantes (economicos ou não), se divide pratos (ou não), se bebe vinho (ou não), se é viciada em café (o café lá tá caro) enfim, do seu perfil. O mesmo vale para o transporte, se usares mais taxi que transporte público ou mesmo se contrares algum transfer.

      Posso te dar alguns números baseados no meu perfil para teres uma ideia. Gastei em media 120 reais por dia com alimentação e 25 reais por dia com taxi/metro. Ao ler os posts de Buenos Aires poderá ter uma idéia de como foram gastos esses valores e assim poderás inclusive avaliar se terás o mesmo tipo de gasto.

      Não gastei com passeios porque todas as atraçoes que visitei eram gratis. No entanto sei que existem atrações como o Zoo de BA (40 pesos por pessoa), o Museo e Estadio do Boca Juniors (80 pesos p.p), Tour no Teatro Colon (110 pesos p.p), ingresso no Malba (45 pesos), Jarim Japones (16 pesos p.p), etc. Calculando por alto reservaria uns 60 pesos (20 reais) por dia.
      Ah, não esquece de incluir os valores do show de Tango, passeio pelo Tigre, visita a Colonia de Sacramento e visita a um Zoo Lujan (200 pesos p.p) caso planejes ir. Como são gastos maiores podem distorcer a média, nesse caso acho melhor somares em separado.
      Espero ter ajudado, abraços e boa viagem!

      Curtir

  6. alessandra disse:

    Ola, eu nao encontrei o post no qual voce menciona os “Entretenimento (Roteiro de 5 dias em Buenos Aires), e Compras”. Voce chegou a publicar??

    Curtir

Deixe aqui seu comentário ou dúvida

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s