O Roteiro em Istambul e o Passeio em Kadikoy

Dando sequência aos posts sobre Istambul vou dar uma pincelada rápida no meu roteiro salientando aquilo que despertou minha atenção. Foram 5 noites, sendo 4 dias inteiros, 1 meio dia (o primeiro) e um último dia qUe serviu apenas para acordar e ir para o aeroporto de Sabiha Gokcen. Achei esse número de dias de excelente tamanho, fiz as atrações com calma, deixei a cidade me surpreender e ainda deixei algumas coisas para uma próxima oportunidade. Queria ter ido até à Igreja de São Salvador em Chora mas não consegui alinhar o passeio ao meu roteiro, ela fica mais distante, precisaria de mais tempo e se não me engano fecha às quartas-feiras o que acabou dificultando a ida. Assim, apesar de amar os mosaicos bizantinos dei prioridade às Mesquitas que era o algo diferente pra mim naquele momento.

O primeiro meio dia foi dedicado a um passeio rápido por Sultanahment, chegamos por volta das 13 horas no hotel e com o cansaço da viagem queríamos nos situar mas sem nenhum compromisso então apenas passeamos pela região, descançamos um pouco e no cair da tarde fomos fazer o reconhecimento do bairro Beyoglu/Taksim. Fomos de metro de superfície mais funicular, chegamos em 20 minutos. Foi bom porque passeamos pelo bairro com calma. Saímos direto na praça Taksim, paramos para um lanche rápido e andamos quase toda a Istiklal Caddesi, a avenida das compras. Nesse dia também conhecemos a rua Nevizade e arredores.

Hagia Sophia

O segundo dia foi mais cheio mas tranquilo. Fomos até a Hagia Sophia, depois à Mesquita Azul e ao Bazar próximo à ela.

Interior Hagia Sophia

Interior Mesquita Azul

Bazar da Mesquita Azul

Do bazar caminhamos um pouco pela região mais baixa de Sultanahmet, perto da Mesquita Kusukasofya. Uma região muito charmosinha com diversos hotéis, restaurantes e lojas.

Mesquita Kusukasofya

Da Mesquita subimos até o Grand Bazaar onde, depois de conhecê-lo, paramos para almoçar por volta das 14:30.

Grand Bazaar

Não somos do tipo que acorda  muito cedo, fizemos tudo por conta e a pé e em aproximadamente 5 horas conseguimos conhecer todos esses pontos. Ah, também não pegamos fila para entrar nesses lugares, tudo estava muito organizado, era a segunda quinzena de julho.

À noite seguimos no expresso canelão do hotel em Sultanahmet, próximo a Sirkeci (a antiga estação do Oriente Express) até Beyoglu/Taksim. Passamos pela estação Sirkeci, paramos para comer sanduíche de peixe na Ponte Gálata, de lá subímos em direção à Torre Galata, paramos novamente para beber uma cerveja perto dos bares de meze e depois pegamos a Rua(Caddesi) Galip Dede, que nos levou direto a Istiklal Caddesi porém dessa vez na parte oposta à Praça Taksim.

Estação de Sirkeci

Barco vendendo sanduíche de peixe em Erminonu

Torre Gálata

Os pontos altos do dia foram sem dúvida a tranquilidade da Mesquita Kusukasofya com os locais se preparando para rezar e o  passeio noturno que apesar de cansativo nos fez conhecer as ruazinhas de Beyoglu. O bairro formado por Beyoglu/Taksim é grande e se você se dedica apenas aos arredores da Taksim acaba não conhecendo a parte da Torre Galata. Ah, não subimos na torre.

A essa altura você já deve ter percebido a quantidade de “subimos” e “descemos”. Pois é Istambul tem muitos altos e baixos então quando decidir caminhar é bom estar atento à esse detalhe.

O terceiro dia foi dedicado ao Palácio Topkapi, ao seu Harem e à Cisterna Basílica. No Topkapi compramos o ingresso de entrada em uma máquina instalada em frente à bilheteria. Tudo tranquilo, nada de filas longas, só uma pequena espera para passar pela segurança.

Bilheteria Topkapi

Já o ingresso para o Harem foi comprado na bilheteria interna do museu. Ambos foram pagos com cartão de crédito. Eu acho que o Harem não é que acrescenta tanto ao passeio, acho que ele complementa e já que tinha ido até ali não deixei de entrar. Depois, ele não é tão grande quanto o palácio e gastamos uns 40 minutos para conhecê-lo. Alguns ângulos da cidade vistos do Topkapi são muito bonitos.

Corno de Ouro visto do Palácio Topkapi

Palácio Topkapi

Palácio Topkapi

Palácio Topkapi – Harem

Saímos do Topkaki, fizemos uma paradinha para um almoço e voltamos à região do palácio, dessa vez para ir até a Cisterna Basílica. Na Cisterna tinham muitas pessoas na fila mas aquilo só assustou porque fila andou rápido. A quantidade de colunas impressiona logo na entrada, o ar úmido dá um descanço do calor do verão. Não deixe de ver a coluna com a imagem da cabeça da Medusa.

Cisterna Basílica

Nesse dia dedicamos umas 3 horas à visita ao palácio, almoçamos em Sultanahmet mesmo e depois fomos até à Cisterna. Tudo muito perto e prático. Assim, chegamos no hotel cedo, com tempo para curtir a sauna e piscina e irmos descansados até Beyoglu/Taksim.

No quarto dia fomos caminhando, entre os diversos bazares do centro histórico, até à Mesquita Suleymaniye. A Mesquita fica muito próxima do hotel onde ficamos, 20 minutos de caminhada (subida). É incrível mas a maioria das pessoas ainda vão com mini-vans ou excursões, muito poucos fizeram o caminho que fizemos, aliás poucos vão até essa mesquita. A Mesquita é muito bonita ali fica mais claro todo o complexo que se costumava construir ao redor delas como o hospital, jardins e banhos turcos.

Mesquita Suleymaniye

Jardim

Banho Turco Suleymaniye

Da mesquita, mais uma vez caminhando, descemos pelo Bazar Egípicio até o Bazar das Especiarias.

Bazaar Egípcio

Bazaar das Especiarias

Compramos alguns snacks e saímos do Bazaar pela porta em frente à Mesquista Nova. Paramos alí para conhecê-la e de lá fomos direto para o mercado de Eminönü pegar o barco que faz o tour pelo Bósforo.

Tour pelo Bósforo

O tour é muito prático de ser feito por conta próxima, os barcos partem em intervalos de meia em meia hora aproximadamente e o tour leva 1 hora e meia. Dentro do barco toda a infra: suco de laranja natural, chá, sanduíches e até a versão biscoito de polvilho alla turca, muito doce, não curti.

Biscoito de Polvilho Turco

Já o passeio curti muito, ótimo para se ter uma visão da cidade que é enorme, dos bairros mais afastados, da ponte e de algumas atrações turísticas que estão localizadas ao longo do estreito.

Tour pelo Bósforo

Tour pelo Bósforo

O quinto e último dia era também o dia do meu aniversário e como já contei aqui no blog escolhi ir almoçar em um restaurante especializado em cozinha otomana do lado asiático da cidade, mais precisamente em Kadikoy. Para não ir até Kadikoy direto por volta das 10 horas da manhã decidimos caminhar do nosso hotel até Kumkapi e de lá pegar o barco para Kadikoy. A caminhada foi boa, passamos pelo banho turco Kardiga Hamami, um banho turco bem autêntico. Até entramos dentro da sala de banho masculina e o senhor que fazia o atendimento foi super camarada mesmo sem falar nada de inglês. Decidimos voltar mais tarde mas infelizmente não deu tempo.

Kardiga Hamami – Banho Turco

Do banho fomos até o mercado e aos restaurantes de Kumkapi. Não achei grande coisa, até porque era por volta do meio-dia e estava tudo bem vazio. Talvez à noite o astral seja diferente. Tentamos ir de Kumkapi até Kadikoy porém do porto de Kumkapi, naquele dia, só partia um ferry boat para Kadikoy às17 horas. Impressionante a organização da estação do porto de  Kumkapi, muito moderna, daquelas que me fez pensar, mais uma vez, que a Turquia supera em muito o Brasil em termos de infra-estrutura.

De Kumkapi fomos de trem até Sirkeci e dalí caminhamos até Eminönü onde pegamos o barco para Kadikoy. De Eminönü partem barcos a cada 30 minutos e a viagem dura mais ou menos isso. Como também já contei o único inconveniente é que o último barco parte de Kadikoy às 21 horas então como não dava para ir jantar escolhi ir almoçar. Não é que seja impossível ir jantar mas teria que voltar de taxi pela ponte que cruza o estreito e como o caminho é longo iria custar uma banana!!!

Estação de Partida dos Barcos de Erminonu para Kadikoy

O passeio foi bem legal, depois do Tour pelo Bósforo esse foi sem dúvida o passeio que mais nos permitiu conhecer um pouco mais da cidade. Se não fosse pelo restaurante talvez provavelmente não teríamos ido até ali e visto uma Istambul diferente, mais autêntica e menos turística.

Próximo ao Porto em Kadikoy

Logo ao chegar fomos na direção do restaurante e para nossa surpressa ele estava localizado em meio a um conjunto de pequenas ruas que mais pareciam um mercado a céu aberto. Diversas lojas de especiarias, peixarias, supermercados, lojas comerciais, cafés e uma rua longa cheia de restaurantes faziam parte da paisagem. Era como se um pouco de cada coisa que conhecemos em Istambul tivesse sido colacada em um mesmo lugar.

Kadikoy

Kadikoy

Fomos ao restaurante Çiya depois e à uma cafeteria onde bebemos mais uma vez um café turco. Andamos pelo bairro, fizemos uma comprinhas e no final da tarde voltamos para o hotel.

Restaurante Çiya Sofrasi

Na cafeteria adorei a decoração…

Dessa vez um jantar rápido e cama porque no sexto dia era  hora de irmos para o próximo destino: Bodrum….

Ah, antes de chegar no hotel uma pequena passadinha em uma loja de doces aliás, uma coisa que fiz todos os dias praticamente, para provar um docinho turco. Impossível resistir!!

Doces Turcos

Leia mais:

12 comentários sobre “O Roteiro em Istambul e o Passeio em Kadikoy

  1. Adriana disse:

    Ola Michele, tudo bem? Viajo no final de Junho e estou na duvida se faco um dia de Capadocia ou não. Tenho 5 dias e meio na Turquia e não sei se fico todos os dias em Istambul ou se vou a Capadocia. Alguma sugestão? Abcos.

    Curtir

    • planejandoaviagem disse:

      Olá Adriana, tudo depende das suas prioridades e dos tempos de deslocamento.
      Se queres muito conhecer a Capadócia e concorda em deixar algumas coisas de Istambul para uma próxima oportunidade acho que seria o caso de ir.
      Fiquei 2 noites e 3 dias na Capadocia e achei que estava de bom tamanho.
      O que podes fazer é ficar 2 noites lá e as demais em Istambul.
      Antes de decidir verifique as suas opções, eu tentaria ir direto para a Capadocia utilizando o aeroporto de Nevshir que é o mais próximo e depois indo para Istambul, com base nisso calculaia os tempos de espera e caso não fossem muito grandes encararia 2 noites por lá e 3 em Istambul.
      Caso contrario, se fosse perder muito tempos com os deslocamentos, deixaria para uma próxima oportunidade.
      Espero ter ajudado.
      Abraços,

      Curtir

Deixe aqui seu comentário ou dúvida

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s