Trem França-Itália

Seguindo no assunto de Como Chegar queria aproveitar a oportunidade para abordar um assunto sobre o qual acredito já ter visto alguns questionamentos em outros blogs. O famoso trem da França para Itália e vice-versa operado em conjunto pela TrenItalia e Artesia.  Tive a oportunidade de viajar neste trem em dois momentos, em trajetos diferentes, em vagões diferentes e infelizmente com experiências muito diferentes.

O primeiro bilhete Veneza-Paris foi comprado quase que por obrigação. Já tinha reservado o hotel em Veneza, para a ocasião em que meus pais estariam em Roma para uma visita de alguns dias, quando descobri que aquele final de semana era justamente o que dava início a tão famosa Bienal de Veneza. Como Veneza já é lotada por natureza na hora em que reservei o hotel não achei que houvesse algum evento na cidade além do fato de ser primavera. Porém, logo logo descobriria, pois foi praticamente impossível encontrar um voo disponível  de Veneza a Paris, próxima perna da nossa viagem. Sendo assim achei a opção do trem boa, meus pais nunca tinham viajado em um trem desse tipo e minha mãe ainda estava superando o medo dos aviões depois de encarar a viagem internacional de Porto Alegre até Roma.

Fui até a estação comprar os tickets e foi bem difícil encontrar porque o trem também estava praticamente lotado. Já a disponibilidade para o trecho Paris-Roma era bem maior, o mesmo preço para um vagão triplo do que aquele que tinha acabado de pagar por um vagão para 6 pessoas onde ocuparíamos 3 lugares. Então pensei comigo mesmo, por que não?

O trajeto Veneza-Paris foi bom, o trem partiu no horário marcado mesmo com uma greve geral de trens na Itália naquela noite, e chegou também na hora prevista. O mais chatinho aqui foi a questão da divisão do vagão com outras pessoas, mas, como os europeus tiram isso de letra, todos foram muito solícitos e a viagem transcorreu normalmente. Ah, como sempre muito s brasileiros no trem, aliás, devo dizer que sempre que pego esses trens noturnos encontro muitos brasileiros, uma vez no trecho Milão-Roma os Brasileiros dominavam o trem e o nosso vagão era praticamente um extrato do Brasil, pessoas das mais variadas regiões em férias pela Itália.

Quando digo que foi tranquilo é também porque me preparo um pouco. Esses trens são normalmente mais antigos e fazem muitas paradas. É justamente nessas paradas que o barulho do trem incomoda, então um protetor auricular faz toda a diferença. Também recomendo para aqueles mais sensíveis a luz um protetor para os olhos, principalmente se você estiver querendo dormir e o seu colega de vagão resolver ler até mais tarde.

Já o trajeto Paris-Roma, que tinha tudo para ser mais confortável pois teríamos uma cabine só para a gente, mostrou-se uma grande furada já de saída, ou melhor, no fato de sair com 3 horas de atraso. Isso mesmo, chegamos em Parigi Bercy, estação de onde saem os trens, e descobrimos que o trem tinha um atraso previsto de 3 horas, podendo variar para mais ou para menos. Segundo as informações iniciais tinha ocorrido um pequeno acidente em um dos vagões, e o trem precisaria de uma limpeza mais demorada, segundo outras fontes era atraso mesmo e isso era uma desculpa. Nesse meio tempo a cia de trem nos ofereceu uma espécie de kit alimentação contendo comida e água e solicitou a todos calma.

Três horas depois partímos, para nós era vida normal, era um imprevisto e infelizmente imprevistos acontecem. O problema pior foi que de manhã, ao acordarmos, o funcionário que faz a entrega dos passaportes nos disse que o trem tinha um atraso maior, e que a previsão de chegarmos no nosso destino era de 5 horas de atraso naquele momento e que a mesma estava aumentando. Pensei comigo mesmo: bem que notei, pois era para estarmos chegando e meus pais tinham visto os alpes pela janela…rs…

Aí é que a situação começa a ficar pior, você já está exausto depois de tanto tempo, tenha em mente que esse trem normal leva 12,5 horas, você não têm o que almoçar e o vagão restaurante já não tinha o básico para o café da manhã. A limpeza do trem já não está lá essas coisas. O trem não é limpo durante a viagem e o bar não é reposto mesmo depois de inúmeras paradas.

Aliás, foi justamente do dito vagão restaurante, muito simples e sem infra-estrutura devo dizer, que conheci uma senhora que me disse que esses problemas eram constantes nessa linha, e que a maioria dos problemas parecia ser por causa das divisões de tarefas entre a TrenItalia e a Artesia. E que o atraso grande era normal porque quando o trem perde o seu horário ele sai da sua rota principal e deve fazer alguns desvios e esperas que atrasam ainda mais a viagem.

Resultado da nossa aventura: 8 horas de atraso, chegamos exaustos, morrendo de fome e perdemos o dia.

Algumas semanas depois fui até a TrenItalia, porque verifiquei no site que se você teve um atraso de mais de 3 horas e não foi avisado sobre isso previamente pode solicitar um reembolso parcial do bilhete. Segundo o atendente da TrenItalia o procedimento é realmente esse mas deveria ser feito com a Artesia, através do preenchimento de um formulário a ser enviado juntamente com os bilhetes por correio.

Enviei essa carta em junho e até agora, outubro, não obtive resposta. O próximo passo vai ser fazer uma visitinha a eles mas confesso que estou desacreditada.

Coloco minha pequena aventura no Blog porque como disse antes esses trens são muito frequentados por brasileiros em férias e realmente a dor de cabeça me pareceu bem grande, assim, se você optar por pegar o trem ao menos sua expectativa estará um pouco mais baixa e se você estiver viajando com crianças ou idosos vai ter uma informação bastante relevante sobre o risco de embarcar nessa viagem.

Ah, depoimentos sobre quem já fez essa viagem são super bem vindos. Deixe seu comentário no blog e se preferir escreva para planejandoaviagem@gmail.com.

Anúncios

4 comentários sobre “Trem França-Itália

  1. cris pereira disse:

    Em maio fizemos o trajeto Paris-Milão com a TrenItalia com direito a atraso, aviso da mudança de horário do café da manhã através do alto falante cujo o som não ouvimos era somente um chiado, ficamos sem o tal café, após 2 hs de viagem o banheiro já estava terrível, sem condição de uso, suco derramado no corredor próximo a nossa cabine, que virou um melaço,eu sei que foi a nossa primeira experiência não mt boa, porém ainda assim curtimos tudo mesmo chegando com 6 horas de atraso em Milão. Férias realmente inesquecíves. Obrigada pelas dicas!

    Curtir

Deixe aqui seu comentário ou dúvida

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s