O mercado de comidas noturno na Praça Jemaa el-Fna em Maraquexe

Ir a Marraquexe e não conhecer a praça Jeema el-Fna é como ir à Roma e não visitar o Coliseu🙂 A praça é o coração da Medina de Marrakesh, e é nela que tudo acontece.

De dia várias barracas de artesanato, homens com serpentes e tudo que é tipo de vendedor e figuras se espalham pela praça, no entanto, é a noite que ela brilha, quando o mercado de comidas noturno é montado. É impressionante a habilidade que eles possuem em montar e desmontar o mercado diariamente.

Praça Jemaa ef-Fna - Preparação do Mercado noturno de comidas

Praça Jemaa el-Fna – Preparação do Mercado noturno de comidas

O mercado de comidas da praça Jemaa el-Fna é uma experiência muito exótica dentro da experiência exótica que é visitar Marrakesh. Os padrões de alimentação e higiene destes povos são muito diferentes e deixam muitos de queixo caído.

Praça Jemaa ef-Fna - Mercado noturno de comidas

Praça Jemaa ef-Fna – Mercado noturno de comidas

Tenho que admitir que não é nada fácil encarar o mercado pela primeira vez. Todo mundo querendo vender de tudo para você e você lá meio perdido sem saber o que comer, como agir e por onde começar. O pessoal das barracas em geral é bem “vendedor”, te abordam, empurram cardápios, puxam conversa na sua língua e até cantam; enquanto isso você ainda está processando toda aquela forma de “organização” (mesmo que esteja acostumado a churrasquinhos de gato nas de noitadas pelo Brasil).

A primeira coisa que fizemos, sempre recusando com educação quando alguém nos abordava, foi nos situarmos. Andamos a feira inteira para descobrir quais opções de comidas existiam, se elas nos apeteceriam ou não, se algumas barracas eram mais cheias que outras, etc… Quando decidimos partimos para o ataque…risos.

A intenção desse post é escrever um pouco sobre as comidas que você vai encontrar por lá e dar dicas de algumas barracas já que por exemplo, em sites como Trip Advisor, é difícil encontrar essa informação em específico pois todas as barracas estão sobre uma única atração que é Praça Jemaa ef-Fna.

No primeiro dia escolhemos como entradinha os quitutes dos vendedores de caracóis (foto abaixo). Já tinha comido os famosos escargots na França então não me pareceu uma coisa do outro mundo. Decidimos dividir uma tigela.

Praça Jemaa ef-Fna - Vendedores de Escargots

Praça Jemaa ef-Fna – Vendedores de Escargots

Dois problemas: o tamanho da tigela (o vendedor, exxxperto, nos deu a maior) e as anteninhas do bichinhos. Lá pelas tantas, desisti. Mas comi uma porção considerável. O caldo era ótimo. Peça nem que seja para provar, se não gostar, não tenha vergonha de deixar.

De prato principal na primeira noite optamos pela barraca de número 1, chamada Aicha. Como naquele dia queríamos o mais típico, fomos de tagine de carne, kefta grelhado e espetinhos de frango (brochettes). Quer ver o cardápio deles? Acesse aqui!

Nro 1- Chez Aicha - Praça Jemaa ef-Fna - Tagine, Katfa, Brochette

Nro 1- Chez Aicha – Praça Jemaa ef-Fna – Tagine, Katfa, Brochette

Não esqueça que no Marrocos eles não usam talheres. Então tudo vem acompanhado de pão, que na realidade serve como talher; eles sabem que essa prática não é comum entre a maioria dos turistas e “as vezes” de trazem garfo e faca.

Ainda na primeira noite, dia vi uma família (2 adultos e 2 crianças), sentados ao nosso lado, dividindo o prato de tagine e comendo com o auxílio do pão. Naquele momento decidi entrar na onda. Da mesma forma que encarei o “hashi” na Tailândia. Eu adorei a opção de poder comer assim, o mais legal é poder compartilhar os pratos sem ficar se preocupando com o fato do prato estar no centro da mesa. Assim como na Tailândia, no Marrocos existe o conceito de compartilhar a comida, acho isso muito legal. Eu me meu namorado sempre pedimos pratos diferentes e cada um come metada, no meio da refeição trocamos de prato, assim podemos provar de tudo um pouco. Por vezes acho a prática meio indelicada mas ali é super tranquilo.

Muito útil acho que é ter um álcool gel e lenços de papel. A maioria das barracas possuem guardanapos a disposição mas as vezes você tem que atravessar o emaranhado de mesas para chegar até eles. Nada como ter o seu, escrevo isso  porque normalmente é o tipo de coisa que temos e esquecemos de carregar com a gente.

No segundo dia almoçamos em um restaurantes muito simples ao redor da praça. Até porque durante o almoço o mercado ainda não existe…hehe. No entanto comemos comidas que são servidas no mercado noturno e por isso deixo aqui as fotinhos do couscous vegetariano e da salsichas.

Praça Jema ef-Fna - Couscos e salsichas

Praça Jema ef-Fna – Couscos e salsichas

Infelizmente não anotei o nome do restaurante. Mas ele é um restaurante muito simples, ao lado do Café Argana, um dos restaurantes/terraços localizado ao reder da praça.

No segundo dia à noite fizemos optamos pela mesma estratégia, primeiro uma entradinha, desta vez uma sopa e depois os pratos principais. A barraca da sopa só vendia essa sopa, ela é chamada Harira, uma sopa muito gostosa feita com tomate, ervilhas, lentilhas e pedaços de massa (normalmente vermicelli). Interessante também que eles acompanham a sopa com tâmaras. No entanto, pelo que li não é um prato vegetariano pois leva caldo feito a partir de ossos e diversas carnes.

Para os pratos escolhemos a barraca de número 14, chamada Krita. Naquela noite queríamos pescados.

Praça Jemaa ef-Fna - Bara de Sopa e Barraca Número 14 - Krita

Praça Jemaa ef-Fna – Barraca de Harira e Barraca Número 14 – Krita

Ficamos impressionados com a quantidade de pessoas nessa barraca de pescados e decidimos encarar, melhor impossível, tudo frito na hora, a única exceção foi a pasta de berinjela.

Falando em prato vegetariano, sem dúvida o Marrocos recebe bem os adeptos do vegetarianismo. Variedade não é o forte deles mas opções sempre existirão. Uma das barracas que chamou minha atenção servia um sanduíche de pão e ovo. Mais uma vez uma barraca de prato único, lotada, muitos locais porém para a gente, faltou espaço.

De sobremesa encaramos sempre os sorvetes então não comemos nenhum doce na praça. A dica aqui é da sorveteria Oriental Legend, que  também está localizada nos arredores da praça.

Sempre bom lembrar das barraquinhas que vendem os famosos sucos de laranja, são bons, grandes, fresquíssimos e baratos. Para aqueles que se preocupam com a higiene eles agora servem em copos descartáveis.

Praça Jemaa ef-Fna - Vendedores de Suco

Praça Jemaa ef-Fna – Vendedores de Suco

SOBRE COMER OU NÃO COMER NA PRAÇA JEMAA EL-FNA

Nós comemos praticamente de tudo que tinha ali. Apesar do número grande de barracas, variedade não é o forte. Nada nos fez mal, não tivemos nenhum tipo de indigestão. No entanto entendo perfeitamente as restrições de cada um e é justamente por isso deixo meu relato.

Eu dificilmente posso mal comendo algo, meu namorado é igual, mas isso não significa que a gente não leve em conta a qualidade da comida. Nenhum de nós gostaria de perder um dia de viagem ou mesmo passar um pouco mal e estragar o programa do dia.

A grande verdade no nosso caso, é que nas poucas vezes que tivemos algum sintoma tipo “piriri ou dor de cabeça excessiva” em viagens, tínhamos comido em “bons restaurantes”. Locais sem dúvida limpinhos e com bom serviço porém onde a comida não era fresca. Na nossa opinião é o importa não é a beleza do lugar mas “fresqueza” da comida.

Ali em Marrakesh o lugar onde a aparência da comida nos pareceu pior foi justamente em um dos restaurantes onde paramos para um expresso. Pode?

Para mitigar a questão da comida, procuramos sempre ir nos lugares onde tinham muitas pessoas locais, às vezes até filas, e não comemos nada cru que não tivesse que ser grelhado. Também evitamos comer o que já estava pronto e alguns pescados que não tinham aparência de fresco. Não comemos nenhum tipo de salada crua. De resto encaramos tudo que aparece nas fotos acima.

3 comentários sobre “O mercado de comidas noturno na Praça Jemaa el-Fna em Maraquexe

Deixe aqui seu comentário ou dúvida

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s