Arredores de Ouro Preto – Mariana e Congonhas

Nesse post pretendo relatar como foi nosso terceiro e último dia de passeio em Ouro Preto e arredores, mais precisamente em Mariana e Congonhas. Esse dia começou em Ouro Preto e terminou em BH com Mariana e Congonhas no caminho entre eles. Se você está chegando agora e ainda não leu os demais posts desta viagem a Ouro Preto você pode acessá-los aqui, aqui e aqui. No primeiro falo sobre o planejamento da viagem, sobre o hotel onde nos hospedamos e faço um resumo do roteiro como um todo, já no segundo e terceiro escrevo com mais detalhes sobre cada dia da viagem em Ouro Preto.

O último dia começou novamente com um ótimo café no Hotel Solar do Rosário. Infelizmente era nosso último dia em Ouro Preto então fizemos o check-out e pegamos o carro e a estrada rumo a Mariana. No caminho fizemos uma parada estratégica em mais uma das igrejas de Ouro Preto, a Igreja de Santa Efigênia.

Igreja Santa Efigenia

Igreja Santa Efigenia

Essa igreja fica no alto da cidade, deixamos para ir até lá no último dia pois estaríamos motorizados. Linda a Igreja e a vista lá de cima. Diferente das demais, nessa era possível fotografar. Entrada adulto 5 reais, meia entrada a 2,5.

Depois de visitar a Igreja fomos até Mariana. A sensação ao se chegar em Mariana é bem diferente de Ouro Preto. A cidade parece maior, mais moderna e bem mais plana. Logo ao chegar não parece tão legal mas basta se aproximar do centro histórico para a percepção mudar.

Rua em Mariana

Rua em Mariana

Estacionamos próximo ao centro de informações turísticas, ali aproveitamos para usar os banheiros e também vimos um vídeo sobre a cidade. Dela fomos caminhando até o principal cartão postal de Mariana as Igrejas de São Francisco de Assis e Nossa Senhora do Carmo.

Igrejas em Mariana

Igrejas em Mariana – São Francisco de Assis (esquerda) e Nossa Senhora do Carmo (direita)

Visitamos somente a Nossa Senhora do Carmo pois a outra está fechada para obras já tem bastante tempo. A entrada custou 2 reais por pessoa.

Interior Igreja Nossa Senhora dp Carmo

Interior Igreja Nossa Senhora do Carmo

Ainda na praça central paramos em frente a museu da foto abaixo. A imagem é um registro das manifestações que estavam ocorrendo em função do desastre que tinha ocorrido nem um mês antes da região. Toda a situação estava muito delicada, a região depende muito do turismo mas também depende mais ainda da indústria da mineiração e ambas foram bastante abaladas pela tragédia. Por onde passamos as mensagens eram de incentivo ao turismo. O que posso dizer é que não deixem de ir. A região precisa disso mais do que nunca.

Predio em Mariana

Predio em Mariana

Das Igrejas da praça central subimos em direção a Igreja São Pedro dos Clérigos. No caminho paramos em uma igrejinha pequena chamada Nossa Senhora Rainha dos Anjos. Mais uma igreja construída por escravos, como muitas em Ouro Preto, lindinha. Detalhe para os altares em madeira sem pintura. Sabe que acho até mais bonito assim! Não era necessário pagar então deixamos uma contribuição.

Igreja Nossa Senhora Rainha dos Anjos

Igreja Nossa Senhora Rainha dos Anjos

No caminho também  passamos pela casa onde morou o Mestre Athayde, artista consagrado do Barroco-Rococó mineiro, considerado o maior representante da pintura do Brasil colonial e também por outras residências muito pitorescas.

Casa Athayde

Casa Athayde

Casa em Mariana

Casa em Mariana

Peninha que ao chegarmos na igreja ela tinha acabado de fechar. Era exatamente meio-dia. Restou-nos a vista lá de cima e a foto da fachada 😦

Igreja São Pedro dos Clerigos

Igreja São Pedro dos Clerigos

De Marina rumamos até Congonhas; de Ouro Preto a Mariana levamos uns 30 minutos já de Mariana a Congonhas umas duas horas. Nesse segundo trecho é necessário cruzar algumas cidades e ao fazer isso nos perdemos…risos. Faz parte!

Chegando em Congonhas paramos novamente no centro de informações turísticas, mais uma vez tudo muito organizado. Fomos bem recebidos e o funcionário nos explicou como chegar até o Santuário do Bom Jesus de Matosinhos. Impressionante o lugar!

E pensar que deixei o último dia de viagem em aberto pois não sabia se teríamos tempo suficiente em Ouro Preto e no final acabamos sendo surpreendidos por esse local incrível com as grandes obras dos mestres Aleijadinho e Athayde. Para quem não conhece o conjunto arquitetônico é composto pela Basílica de Bom Jesus de Matosinhos com 12 esculturas de profetas realizadas em pedra sabão e seis capelas que retratam a Via Sacra; no total as capelas possuem 66 esculturas em cedro, todas as obras são do mestre Aleijadinho.

Obras Via Sacra Aleijadinha - Capela

Obras Via Sacra Aleijadinho – Capela

 

Obras Via Sacra Aleijadinha - Capela

Obras Via Sacra Aleijadinho – Capela

 

Escultura Apostolo em pedra sabão

Escultura Apostolo em pedra sabão

 

Santuario Bom Jesus dos Matosinhos

Santuario Bom Jesus dos Matosinhos

Após a visita pegamos a estrada novamente em direção a BH. Mais 1,5 horas de viagem até nosso hotel, o Ibis Budget Style Pampulha. Chegamos no final da tarde, ainda a tempo de fazer um passeio na Lagoa da Pampulha, de comer uma pizza na 68 La Pizzeria e depois saborear um “gelato” na Alessa. Bom demais!

Termino por aqui esse roteiro de 3 dias por algumas das cidades históricas mineiras e Belo Horizonte. O que posso dizer é que adorei essa viagem e fiquei impressionada com o potencial turístico da região. Já tinha ido inúmeras vezes a Belo Horizonte e nunca tinha dada uma esticadinha. Me arrependi muito. Se você está em dúvida sobre ir ou não o que posso dizer é não só que vá, mas que vá logo pois vais querer voltar.

Anúncios

Um comentário sobre “Arredores de Ouro Preto – Mariana e Congonhas

Deixe aqui seu comentário ou dúvida

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s