Asia, Éfeso, Éfeso, Bodrum, Bodrum, Capadócia, Capadócia, Europa, Gumbet, Gumbet, Istambul, Istambul, Kusadasi, Kusadasi, Pamukkale, Pamukkale, Turquia, Turquia

Turquia: Custos de uma viagem totalmente desempacotada

Antes de ir para a Turquia achei uma página na internet onde o autor relatava, em Italiano, os principais custos/preços das coisas em sua viagem para Istambul. Usei essa página ,e também uma outra, para ter uma idéia dos preços praticados e agora deixo aqui registrado, para os planejadores de plantão, os preços das coisas na Turquia nos locais por onde passei.

Obs: fora o taxi todos os demais custos, quando não especificado, são por pessoa e por trajeto.

 HOSPEDAGEM

Como comentei no post sobre o planejamento da viagem tinha estabelecido um teto de 60 euros para um casal por noite e não tive nenhuma dificuldade de encontrar hotéis no padrão 3-2 estrelas nesse preço em todas as cidades turcas por onde passei. Para mais detalhes sobre os hotéis e os preços praticados recomendo a leitura dos pots específicos.

 TRANSPORTE PÚBLICO

Acostumada com o tickect do metro de Roma a 1 euro (2,5 reais) e, integrado, achei o preço dos bilhetes em Istambul mais salgadinhos mas ainda assim convenientes. 1 jeton custava 2 LT (liras turcas, aprox. 2 reais), porém dava direito a um trecho sem integração, isto é, se você tivesse que trocar do metro para o tram e depois para o funicular precisaria de 3 jetons. A maioria dos trechos exigia ao menos uma troca. Ainda em Istambul o transporte público fluvial que utilizamos para ir até Kadikoy custou 4 LT.

De Bodrum à Gumbet a minivan (dolmus) custou 3 LT.

Em Kusadasi as minivans(dolmus) para se locomover entre os principais pontos da cidade custavam 2,25 LT.

 TRANSPORTE INTERMUNICIPAL

A ida à Éfeso, de Kusadasi à Selcuk parando em Éfeso, custou 5 LT.

Para ir a Pamukkale, pagamos 25 LT de Kusadasi à Denizli e depois 5 LT de Denizli à Pamukkale 5 LT.

Já na Capadócia utilizamos o transporte intermunicipal para ir até a Cidade Subterrânea. Assim de Goreme à Nevsehir pagamos 2,5 LT e de Nevsehir à Derinkuyu 5 LT. Ainda na Capadócia de  Goreme à Urgup nos custou 2,5 LT.

 TRASLADOS

Em Istambul, do Aeroporto de Ataturk ao Hotel em Sultanahmet fomos com transporte público, 2 jetons por pessoa. Do mesmo hotel ao Aeroporto Sabiha Gokcen foram 10 euros.

Em Bodrum, do aeroporto à rodoviária, com o ônibus da Pegasus Arlines foram 10 LT.

De Kusadasi ao aeroporto de Izmir, com a Last Minute Travel (parceira da Pegasus) foram 20 LT.

Na Capadócia, do aeroporto de Kayseri à Goreme, fomos com a PeerLess (parceira da Pegasus Airlines), por 19 LT e voltamos com a Argeus (parceira da Turkish), por 17 LT.

 TAXI

Pegamos muito pouco taxi, foram somente duas corridas.

Em Istambul, o taxi do Ibis Aeroporto até o Aeroporto custou em torno de 23 LT.

Em Kusadasi, do porto até a estação de ônibus, às 4 da madruga, pagamos 15 LT.

 ENTRETENIMENTO (preço dos principais museus e passeios)

A maioria das atrações pareciam terem preços tabelados.

Em Istambul o Haga Sophia e Topkapi custaram 25 Liras Turcas. No Topkapi para ver o Harem paga-se um adicional de 10 LT. A Cisterna também custou 10 LT. Enquanto o barco no porto que faz o tour pelo Bósforo custou 12 LT.

Na Capadócia o Museu a Céu Aberto de Goreme também custou 25 LT, no entanto para ver a Dark Church para-se um adicional de 8 LT. A Cidade Subterrânea custou 20 LT e o passeio de balão 90 euros.

A entrada em Pamukkale custou 20 LT e em Éfeso 25 LT.

As Mesquitas são gratuitas em todas as cidades.

Na maioria das praias onde fomos não se pagava nada pela cadeira e barraca de praia/guarda-sol bastava consumir um valor que girava de 8 à 10 LT (para duas pessoas).

 ALIMENTAÇÃO (preços de refeições de bebidas)

Refeição rápida (lancherias, kebaberias e suas inúmeras variações) – de 4 a 8 LT.

Uma refeição em um restaurante padrão normal – de 15 a 25 LT por pessoa.

Cerveja ou taça de vinho da casa – de 5 à 12 LT.

Chá  – de 1 à 3 LT.

Café Turco – de 3,5 à 6 LT.

Ayran – de 1 à 3 LT.

Aguá – cheguei à conclusão que era tabelada. Tanto nos inúmeros vendedores ambulantes quantos nos mini-mercados custava 0,5 LT cada meio litro. Só encontrei por menos em um supermercado maior porém eles são mais difíceis de encontrar.

Leia mais:

22 comentários em “Turquia: Custos de uma viagem totalmente desempacotada”

  1. Oi, me chamo Matheus e estou indo para a Turquia em dezembro e retornando em fevereiro. Vou fazer um intercâmbio. Não sei se ainda usa o blog, mas me ajudaria muito se utilizasse e pudesse entrar em contato pelo e-mail: matheus-eleoterio@hotmail.com

    Curtir

  2. Boa tarde. Vou ficar 13 dias na Turquia, mas ainda nao planejei ao certo como fazer. A unica coisa que sei e que quero reservar uns 3 dias para ir ao litoral; Praia de Antalia e o meu voo final vai sair de istambul, mas ainda nao sei geograficamente o que seria melhor. Obrigada

    Curtir

    1. Olá Sonia, tudo bem? A região de Antalya é muito bonita, eu não fui e me arrependi. Quais outros lugares vc pretende conhecer? Se quiser posso dar uma sugestão de qtd de dias e ordem da viagem. Abraços!

      Curtir

  3. Boa noite

    Vou para turquia agosto-2015. Minha dúvida quanto levar vamos ficar 10 dias.
    Qual a melhor opção dolar ou euro.
    Como se vestir

    Curtir

    1. Oi Cristina, tudo bem?
      em relação à moeda tanto faz, ambas são aceitas e para muitos gastos você terá que faze cambio de qualquer forma.

      Em relação à quanto levar, é bastante pessoal. Eu sempre avalio tudo que terei que pagar em dinheiro e que ainda não foi pago (como hotéis, passeios, etc) e somo à esse valor um media de gastos com transporte, uma média para alimentação e alguma coisa para compras. Em cima desse valor acrescento uns 15% para não ter muito erro. Faço dessa forma porque hoje em dia quase não gasto no meu cartão internacional devido ao IOF. O cartão fica apenas como um contingência.

      Em relação a como se vestir, em Istambul – na parte turística – é bem tranquilo e nas mesquistas eles darão calças e panos para cobrir pernas, colo, cabelo e ombros. Eu costumava prender sempre o cabelo, carregar um lenço na bolsa just in case, usar bermudas longas ou leggings fininhas e blusas de manga curta ou meia manga mais folgadinha.

      Abraços,

      Curtir

  4. Obrigada por dicas tão preciosas.

    Quero conhecer Goreme, Efesus e Pamukkale mas por mais que leia não estou conseguindo entender a logística na locomoção. Podes me ajudar? Só tenho o período de 03/06 à 07/06/14.
    Grata,
    Maura

    Curtir

    1. Oi Maura, tudo bem? Muito obrigada! Posso ajudar sim. Vou detalhar: Fiquei 3 noites em Kusadasi e usei a cidade como base para visitar Efeso e Pamukkale. ir Éfeso foi tranquilo, já Pamukkale foi um day-trip bem puxado.
      De Kusadasi voei, através do aeroporto de Izmir, até Kayseri, e de lá peguei um transfer para Goreme onde fiquei mais 2 noites. No total foram 5 dias.
      Todos os posts da viagem, em ordem cronológica, foram resumidos nesse post aqui: https://planejandoaviagem.wordpress.com/2013/01/19/a-piccola-serie-de-posts-sobre-a-turquia/. Leia a partir do de Kusadasi e terás todos os detalhes.
      Qualquer dúvida estou à disposição. Abraços!

      Curtir

      1. Deixa ver se entendi. Vc. foi de Istambul à Izmir depois foi para Kusadasi?
        Depois voltou a Izmir e de lá Goreme?
        O tempo que tenho disponível são 4 noites e cinco dias. Sendo que na volta vou ver se consigo um voo para Atenas, fazendo conexão em Istambul, lógico, mas que encaixe com meu voo da volta para o Brasil .
        Grata,
        Maura

        Curtir

      2. Ola Maura, minha viagem foi de 2 semanas, detalhei o que entendi ser do teu interesse. Minha viagem foi:
        – chegada em Istambul (5 noites)
        – de Istambul voei a Bodrum (3 noites)
        – de Bodrum fui de ônibus à Kusadasi (3 noites)
        – de Kusadasi fui para Goreme (2 noites – fui de Kusadasi à Izmir com o transfer da Pegasus horas antes do voo, cheguei no aeroporto de Kayseri e peguei o transfer da Pegasus para Goreme)
        – de Goreme voei, novamente usando o aeroporto de Kayseri, até Istambul (+1 e última noite).

        Vc tem 5 dias/4 noites para Pamukkale, Efeso e Capadócia, sendo que no 5 dia deve estar em Istambul?
        Uma sugestão seria: chegar pelo aeroporto de Denizli (mais próxima de Pamukkale), de Denzili ir até Selcuk/Éfeso. Depois poderías optar por voar para Nevshir (mais próximo de Goreme que Kayseri) a partir de Izmir ou de Denizli e de lá retorno para Istambul.
        Também poderias fazer o contrário, tudo vai depender da disponibilidade dos voos. Abraços.

        Curtir

  5. uma dúvida: vc trocou euros por liras turcas em casa de cambio no aeroporto em Istanbul??? ou onde??
    obrigada! eu e marido vamos em outubro!
    😉

    Curtir

    1. Claro Patricia, ótima sua pergunta!
      Acabei de me dar conta que não incluí os valores dos voos e que faltou a informação do deslocamento de Bodrum à Kusadasi.
      No meu caso fui de Bodrum à Kusadasi primeiro e depois fui à Capadocia. Fiz isso porque queria conhecer Éfeso.
      Os gastos foram:
      – 20LT na passagem de ônibus de Bodrum a Kusadasi
      – 15LT no taxi do Centro de Kusadasi até a Rodoviaria de Kusadasi
      – 20LT no transfer da rodoviária de Kusadasi ao aeroporto de Izmir
      – 80LT no voo de Izmir à Kayseri com a Pegasus (taxas incluídas)
      Abraços e bom planejamento para vc!

      Curtir

  6. Ola! Estou adorando suas dicas sobre a Turquia!muito uteis mesmo! Tb vou viajar totalmente desempacotada, so que somos um casal mais velho e por isso faremos os trajetos maiores de aviao. Tenho 2 perguntas. Vc acha que vale a pena alygar carro ao chegar no aeroporto em kayseri? Somo 3 pessoas. Eh complicado dirigir por la?
    E tb se vc ainda souber qual a empresa do voo de balao, que vc conseguiu por 90 euros. So estou vendo na internet precos de 130 e mais!
    Qual o mes que vc viajou?
    Obrigada por dividir suas experiencias.

    Curtir

    1. Oi Luiza, obrigada, espero que os posts sejam úteis. Dirigir por lá me pareceu muito tranquilo, é muito bem sinalizado, as estradas são boas, a maioria duplicada e sem transito, além disso as pessoas são muito prestativas.
      Fiz o voo a 90 euros com a Urgup balões, comentei toda a negociação nesse post, http://wp.me/p1MXH9-qO, recomendo uma lida.
      Ah, fui na segunda quizena de julho de 2012.

      Curtir

      1. Ola novamente. Obrigada pela info do balao. Li seu post sobre nao comentar com ninguem sobre o preco pago, mas vou ter que chorar, ne?hehehe

        Curtir

      2. Oi Luiza, não se preocupe, pode falar sim. Mas acho que o segredo foi fazer a negociação no final do dia, se tiveres mais de um dia disponível tente usar essa estratégia afinal é uma excelente economia. Depois me diz se funcionou. Abraços

        Curtir

Deixe uma resposta para Cristina Fernandes Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s